Militantes vão à porta do PSC pedir saída de Feliciano

0

Manifestantes fixaram cartazes na porta da sede do PSC (Fotos: Portal Infonet)

Carta aberta aberta dirigida ao Diretório do PSC em Sergipe foi assinada por 40 entidades

Sede do partido em Sergipe não tem placas de identificação

Dando continuidade ao movimento de oposição ao deputado Marco Feliciano, militantes e representantes de classe se reuniram em frente à sede do Partido Socialista Cristão (PSC) na tarde desta sexta-feira, 26. Descontentes com a permanência de Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, os manifestantes promoveram um ato no intuito de cobrar respostas à representação estadual do partido.

Lídia Lemos, articuladora do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) em Sergipe, explica a surpresa dos manifestantes ao chegarem à sede do PSC. “Fomos até lá no intuito de protocolar uma carta aberta de repúdio a Marco Feliciano, para marcar nosso posicionamento. Já sabíamos que o deputado e presidente do PSC em Sergipe, André Moura, não estaria lá, mas quando nós chegamos encontramos o lugar completamente fechado”, afirma.

Segundo Lídia, a sede do PSC em Sergipe não apresenta nenhuma placa de identificação. “Nós fizemos questão de sinalizar o local, fixando cartazes na frente da sede. É necessário que a população saiba onde fica a sede do partido que apoia a homofobia, o preconceito, o racismo. Colocamos também nossa carta de repúdio, e deixamos o lugar bem visível”, diz.

PSC

O Portal Infonet tentou entrar em contato com a sede do partido, e com o deputado André Moura, mas não obteve sucesso. Conitnuamos a disposição através dos contatos jornalismo@infonet.com.br e (79) 2106 8000

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais