José Leó toma posse como Defensor Público Geral

0
Solenidade aconteceu no auditório do Ministério Público Federal (Foto: Portal Infonet)

O defensor público José Leó de Carvalho Neto tomou posse como o novo Defensor Geral da Defensoria Pública do Estado no início da noite desta terça-feira, 6, na sede do Ministério Público. Na solenidade, estava presente o governador rBelivaldo Chagas, além de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Tribunal de Contas do Estado (TCE), defensores, procuradores e secretários de estado.

José Leó Neto durante o juramento de posse (Foto: Portal Infonet)

No início do seu discurso, o novo Defensor Geral da Defensoria Pública, José Leó Neto, exaltou as conquistas pelas quais passaram a Defensoria Pública ao longo dos anos. Ainda de acordo com ele, foi a partir da reforma da Lei Orgânica de 2010 que a Defensoria Pública começou a ter mais autonomia e, a partir dela, novos meios de aumentar a atuação do órgão foram criados. “A aprovação da emenda constitucional 80, que nos deu a iniciativa de propor projeto de lei, bem como determinar que onde houver unidade jurisdicional, deve haver um defensor público, levou a Defensoria Pública para o interior”, destaca.

José Leó Neto (centro) ao lado do governador reeleito Belivaldo Chagas ( à esquerda) (Foto: Portal Infonet)

José Léo Neto também discursou sobre as mudanças que o mundo do direito vem passando em escala mundial. Para ele, o direito vem saindo de uma atuação contenciosa para soluções mais negociáveis. “A concepção individualista do direito está cedendo lugar a um conceito muito mais abrangente”, ressalta. Ele também defendeu o trabalho em conjunto com outros órgãos para maior eficiência do judiciário. “Precisamos andar juntos com outras instituições jurídicas, como o Ministério Público, Tribunal de Contas, Procuradoria do Estado”, avalia.

José Leó Neto é natural de Aracaju/Sergipe, formado em Direito pela Universidade Tiradentes (UNIT) e pós-graduado pela Master Federal Law do Rio de Janeiro. É filho de um dos renomados jornalistas e radialistas do Estado, José Leó de Carvalho Filho e da agente policial aposentada, Vera Lúcia Porto.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários