Orçamento da Prefeitura de Aracaju para 2019 é de R$ 2,38 bilhões

0
Orçamento da Prefeitura de Aracaju para 2019 é de R$2,83 bilhões (Foto: Marcelo Casal Jr)

Na Lei Orçamentária Anual (LOA) enviada pela Prefeitura de Aracaju aos vereadores, estão previstos recursos na ordem de R$ 2,38 bilhões para gerir os investimentos e gastos da administração no próximo ano. A Câmara de Vereadores recebeu a propositura, que segue para análise da Comissão de Finanças.

O valor representa um aumento de 2,53% em relação ao orçamento do ano passado, que foi de R$ 2,32 bilhões. O vereador Thiaguinho Batalha (PMB), presidente da comissão e vice-líder do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), explicou que o parecer será elaborado com brevidade. “Recebemos o projeto ontem, não tivemos tempo hábil para analisar todos os anexos. Vamos nos reunir para emitir os pareceres e colocar as emendas. Com toda a crise que a gente se encontra, a gestão conseguiu manter os pagamentos em dia e deu um acréscimo no orçamento global de 2019”.

Fábio Meireles (PPS), membro da bancada de situação, comentou que mesmo com um aumento nas receitas, a gestão encontrará dificuldades no próximo exercício. “Edvaldo já disse sua vontade de reajustar o salário do servidor, mas a preocupação ainda é de pagar em dia. As despesas se aproximam muito do limite de responsabilidade fiscal ao qual o município tem direito. A gente finaliza esse ano, começaremos o próximo, que será diferente, novo, respirando novos ares”.

A oposição, no entanto, garante que é possível conceder o reajuste e incrementar investimentos em mais áreas. “Não há dificuldades para crescer, mês a mês, o número de comissionados, não há dificuldades para outros privilégios para setores da administração. Minha preocupação é que saúde e educação vão mal, os servidores não recebem nem a reposição orçamentária. Isso nos assusta e preocupa. Vamos propor emendas nos pontos que elencamos”, disse Elber Batalha (PSB).

A LOA passará pelos vereadores e será apreciada em primeira, segunda e terceira votações, além da apreciação em redação final. O presidente Nitinho Vitale (PSD) informou que a propositura deve ser votada até meados de 20 de dezembro, data em que devem ser encerradas as atividades no parlamento municipal em 2018.

Por Victor Siqueira
*Matéria alterada às 11:40 do dia 22/11 para correção de informação

Comentários