Pesquisa inflama discursos na Assembléia

0

Venâncio: “Nunca vi se consertar pesquisa” (Fotos: Agência Alese)
As desavenças normais entre parlamentares da oposição e da situação estão ganhando força na Assembléia Legislativa por conta do período de campanha eleitoral. Na manhã desta terça-feira, 17, o deputado Venâncio Fonseca (PP) fez um discurso que como de costume, descontraiu profissionais da imprensa e ocupantes das galerias, mas acabou irritando os deputados Francisco Gualberto (PT) e, principalmente, Wanderlê Correia (PMDB).

Ao referir-se à pesquisa Única/Jornal do Dia sobre as eleições em Sergipe, publicada no último domingo, 15, e destacada pelo líder do Governo, Francisco Gualberto, por colocar o candidato Marcelo Déda (PT) à frente do candidato João Alves (DEM), Venâncio disse:

Francisco Gualberto: “Discurso igual a uma colcha de retalhos”
“Eu já vi se consertar bicicletas e carrinhos, mas nunca tinha visto se consertar pesquisas. Isso só em Aracaju. Tem um ditado popular que diz que o mal feito tem que ser bem feito. Mas publicaram uma pesquisa incompleta para o Senado, prejudicando Valadares, candidato da própria coligação do governador e hoje publicaram o reparo. Não se conserta pesquisa”, ressalta.

Venâncio lembrou que uma pesquisa publicada pelo Ibope nas eleições para prefeito de Aracaju, dava uma vantagem muito grande. “Na pesquisa, o prefeito Edvaldo Nogueira estava eleito com 101% de aprovação. A pesquisa conseguiu quebrar o velocímetro do Ibope”, ironiza acrescentando que as áreas de saúde e educação do Estado estão

Wanderlê Correia: “Mato a cobra e mostro o pau”
sem recursos para oferecer qualidade nos serviços prestados.

“Ao comemorar a pesquisa do Jornal O Dia, Francisco Gualberto disse que o resultado mostra que o governador transformou o estado. O povo de Sergipe não é masoquista para querer sofrer por mais quatro anos. Aqui tenho um jornal com uma propaganda enganosa dizendo que a população agradece ao governador uma obra, mas a obra nem existe. Não se agradece ao nada”, ressalta.

Matando a cobra

Em aparte, o deputado Wanderlê Correia, pediu para Venâncio falar sobre a pesquisa do Ibope que acertou na última eleição e disse que “pior foi seu candidato que fez apenas uma ponte”. Venâncio completou que no município de Wanderlê, as obras na rodovia João Bebe Água não foram concluídas.

“Eu mato a cobra e mostro o pau. As obras estão quase prontas, com ciclovia e jardinagem”, responde Wanderlê. “Eu sei que vossa excelência é ambientalista, mas deixa essa coisa de pau pra lá”, rebate Venâncio, deixando Wanderlê nervoso.

Coxa de retalho

Francisco Gualberto disse ter afirmado e reafirmado que o líder da oposição é um grande orador. “Mas quero confessar que nunca o vi tão perdido como hoje. Uma coxa de retalhos de um tecido rasgado e envelhecido. Ele tenta justificar o injustificável. Perdoe Venâncio, Wanderlê quando ele critica a rodovia João Bebe Água. É a agonia das pesquisas que sempre dão vantagem para o nosso governador, independente de haver erro na questão do senador, está reafirmando a questão do nosso governo”, entende enfatizando que Venâncio está agindo como se estivesse sido enganado pela Caipora [‘tá perdido na mata’].

Por Aldaci de Souza

Comentários