Prefeita Rivanda Batalha é mantida no cargo por 4 x 2

0
Rivanda Batalha em discurso de posse (Foto: Ascom Prefeitura)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) Sergipe entendeu que a substituição do candidato à Prefeitura de São Cristóvão, Armando Batalha (PSB) pela esposa Rivanda Farias Batalha (PSB) às vésperas da eleição de outubro de 2012, é legível. Com a decisão tomada no final da tarde desta segunda-feira, 21, a prefeita, eleita com 15 mil 851 votos contra 9. 619 votos do principal opositor, o ex-deputado estadual Wanderlê Correia (PMDB) é mantida no cargo.

Wanderlê Correia, autor da ação de inelegibilidade contra Rivanda Batalha, já tinha obtido dois votos em seu favor, mas na tarde desta segunda, 21, a prefeita de São Cristóvão conseguiu reverter a situação obtendo quatro votos em seu favor.

Votaram pela permanência da prefeita no cargo, os juízes Ricardo Múcio, Cléa Alves, Lidiane Bomfim e Alcides Vasconcelos. Eles entenderam que a substituição de um candidato pode se dar a qualquer momento. E, contra a permanência de Rivanda, votaram os juízes Elvira Almeida e Mário Vasconcelos.

Em conversa com o Portal Infonet, Rivanda fez agradecimentos à Deus, à justiça e ao povo de São Cristóvão. “Agradeço principalmente à Deus por mais esta conquista, ao TRE que no meu entendimento fez justiça e ao povo de São Cristóvão que estava torcendo para que tudo desse certo. Agora é trabalhar pela cidade para poder reconstruí-la”, destaca.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais