Prefeitos de Sergipe se mobilizam contra a PEC que reduz municípios

0
Os prefeitos vão organizar um calendário de mobilizações para evitar a extinção dos municípios (Foto: facebook Fames)

O presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), Cristiano Cavalcante, convocou uma reunião na manhã desta segunda-feira, 11, com prefeitos de cidades sergipanas, entre eles os que administram os municípios que podem ser extintos, caso a PEC 188/2019, de autoria do Governo Federal, seja aprovada no Congresso Nacional.

Também participaram do encontro, outros gestores que estão solidários e contrários à Proposta de Emenda à Constituição, que propõe a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes. Caso seja aprovada, o Estado de Sergipe perderá 11 municípios.

A proposta da Federação dos Municípios e dos prefeitos sergipanos é unir forças, organizar um calendário de mobilizações, inclusive em Brasília, solicitar apoio à bancada de Sergipe na Câmara Federal e no Senado e somar-se à luta da Confederação Nacional dos Municípios, para que a PEC seja reprovada.

“Acabar com municípios brasileiros e sergipanos é interromper os relevantes serviços às comunidades, acabar com a história, com a cultura e, acima de tudo, com a identidade da população. Acredito que a solução seria uma repartição mais justa dos recursos federais para fortalecer cada cidade. Existem outras formas de equilibrar a economia do Brasil e sair da crise. Repito, a extinção de municípios não é a melhor saída”, disse o presidente da Federação.

O prefeito de São Miguel do Aleixo, Everton Lima, reforçou a ideia dos prejuízos. “Eles serão enormes, caso São Miguel do Aleixo seja extinto. Por isso vamos nos unir à Fames, à CNM e aos nossos deputados e senadores. Isso jamais pode acontecer”, disse.

O prefeito de Santa Rosa de Lima, Luiz Roberto Azevedo Santos Junior (Júnior Macarrão), também defendeu uma repartição mais justa dos recursos federais e a reprovação da PEC. “Essa PEC proposta pela Presidência da República é absurda, já que existem tantas outras maneiras de reduzir gastos no Brasil. O presidente Jair Bolsonaro, na verdade, quer enfraquecer os municípios brasileiros, mas nós de Sergipe vamos à luta e tenho certeza que os nossos representantes federais vão votar a favor de toda a população”, acrescentou.

O prefeito de Pedra Mole, Neto Batista, também se mostrou empenhado à luta da Fames. “Já conversei com alguns prefeitos sergipanos, deputados, senadores e com várias lideranças que podem nos apoiar neste momento difícil. Farei de tudo para defender a população de Pedra Mole e do Estado de Sergipe. Estou à disposição”, frisou Neto Batista.

Ficou acertado entre os prefeitos uma próxima reunião na Fames, no próximo dia 22, às 9h, com a presença de deputados federais e senadores.

Fonte: Ascom Fames

Comentários