Proinveste: Governo reinicia debate após carnaval

0
Eduardo Amorim já admite aprovação do Proinveste (Foto: Arquivo/Divulgação)

O governador Marcelo Déda está mais confiante nos entendimentos com o Poder Legislativo pela aprovação do Proinveste. Com a decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) em prorrogar o prazo para contratação até o dia 30 de junho deste ano, os governistas ficaram mais aliviados e já percebem uma certa mudança no discurso dos oponentes.

O próprio senador Eduardo Amorim (PSC), a principal liderança da oposição, admite que o bloco de oposição na Assembleia Legislativa poderá aprovar os projetos do governo. Ele explica que a mudança é consequência do comportamento do governador que "pela primeira vez" abriu espaço para debater os projetos. “Mas não será um cheque em branco”, avisa. Segundo enfatizou, a concessão da autorização para o governo contrair os empréstimos desejados estará atrelada aos projetos apresentados pelo governo. “O cheque é nominal”, observou.

Segundo o senador, optando pela aprovação, a Assembleia Legislativa estará autorizando o empréstimo no valor de R$ 567 milhões e não o montante de R$ 727 milhões anunciado pelo Governo Estadual. “160 milhões estaria em outra linha de crédito e estes 160 milhões estão fora de análise”, comentou o senador.

O governo já está convicto que não haverá necessidade de convocar sessão extraordinária na Assembleia Legislativa para apreciar os projetos do Proinveste. Segundo fonte do Palácio de Despachos, o governo retomará os debates após o carnaval.

Prorrogação

Dados do Conselho Monetário Nacional indicam que, dos R$ 20 bilhões dos créditos disponíveis pelo governo federal para o Proinveste, pouco mais de R$ 19 bilhões já foram liberados para a grande maioria dos Estados. Além de Sergipe, a prorrogação do prazo também beneficiará os Estados de Alagoas, Amapá e Rio Grande do Norte.

Por Cássia Santana, com informações da Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais