Senador Rogério Carvalho acusa ministro Braga Neto de espionagem

0
Senador Rogério Carvalho disse que está sendo vítima de espionagem (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

O senador por Sergipe, Rogério Carvalho (PT), denunciou nesta terça-feira, 3, na CPI da Covid-19 que acontece no Senado Federal, que está sendo vítima de espionagem por parte dos oficiais do Exército. De acordo com o senador, dois oficiais estiveram em Sergipe conversando com amigos do parlamentar.

“Eu quero informar a essa CPI e a todos que estão ouvindo que eu fui surpreendido semana passada. Um amigo me convidou para uma conversa e me disse que recebeu um coronel do Exército da reserva e um oficial da ativa, que foram ao meu estado para bisbilhotar a minha vida e saber o que podia ter para usar contra mim”, denuncia.

O senador acusa o ex-ministro da Casa Civil e atual ministro da defesa do Brasil, Braga Neto, de ser o responsável pelo envio dos oficiais a Sergipe para coletar informações. “Eu quero dizer ao senhor Braga Neto, que foi o emissário do oficial do Exército para fazer espionagem contra um parlamentar, um senador da República, que eu não tenho medo, que eu não abrirei mão das minhas convicções. Que eu entrego a minha vida pela causa que eu defendo e que ninguém vai me intimidar”, enfatiza Carvalho.

Por fim, Rogério pediu ao presidente da CPI da Covid-19 que o requerimento solicitando a quebra do sigilo telemático do ministro da Casa Civil para o Ministério da Saúde seja autorizado. “Depois dessa ameaça, é o mínimo que a gente pode fazer para esclarecer e dizer que essa CPI não se curva à ameaças autoritárias de um tempo que achávamos que tínhamos superado”.

“O ex-ministro da Casa Civil e atual ministro da Defesa do Brasil não está ali para defender partido político ou posição política ideológica, mas para defender a Constituição, as instituições democráticas e está submetido, inclusive, a esse poder”, completa.

O Portal Infonet entrou em contato com o Ministério da Defesa, mas até a publicação da matéria, não houve resposta. A equipe de reportagem permanece à disposição por meio do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais