Taxistas legalizados e clandestinos lotam a Câmara

0

Gerson Ferreira usou a Tribuna Livre da Câmara (Fotos: Portal Infonet)

A movimentação foi intensa na tarde desta terça-feira, 2 na Câmara Municipal de Aracaju. Taxistas legalizados cobraram projetos para aumentar a multa aplicada aos taxistas irregulares, de pouco mais de R$ 300 para R$ 2.180. Já os taxistas clandestinos lotaram as galerias e solicitaram a legalização da profissão.

O vice-presidente do Sindicato dos Taxistas de Sergipe, Gerson Ferreira da Silva, reivindicou projetos aos vereadores e ao prefeito João Alves Filho (DEM), semelhantes aos existentes em Maceió (AL). E aproveitou para criticar a presença dos clandestinos.

“Nós solicitamos a Tribuna Livre e eles tiveram a audácia de comparecer. Estão nas galerias enquanto os taxistas legalizados estão do lado de fora. Eu trouxe a cópia de um decreto que já está vigorando na cidade de Maceió após o prefeito ter regulamentado o aumento da multa visando erradicar os clandestinos. Nós protocolamos um ofício ao prefeito de Aracaju e aos vereadores para que sejam elaborados projetos de lei”, ressalta Gerson Ferreira lembrando que são 2.080 taxistas legalizados na capital sergipana.

Vice-presidente do Sintaxes: "audácia" 

Clandestinos lotaram galerias da Câmara

Edilson Jesus representa o Santa Maria e …

Renato Rabelo, representa a Coroa do Meio

Já o representante dos taxistas clandestinos do bairro Santa Maria, Edilson de Jesus, afirmou que o número está aumentando cada vez mais e que eles precisam ser legalizados.

“Nós trabalhamos no Santa Maria há oito anos e não deixamos de lutar pela legalização. Para se ter uma ideia, são 2.080 taxistas legalizados para seis mil clandestinos no Santa Maria, Coroa do Meio, Santa Tereza, Augusto Franco, Santa Lúcia. A tendência é piorar”, acredita Jesus.

O representante dos clandestinos da Coroa do Meio, Renato Rabelo completou: “Nós só queremos o mesmo direito que tem os taxistas dos conjuntos Bugio e Eduardo Gomes ou que nos dêem uma explicação porque a gente não pode rodar”.

A Tribuna Livre será com representantes dos clandestinos no próximo dia 28 de maio.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais