Vereadores elegem mesa em tempo recorde

0
Vinícius Porto fica na Presidência até fim de 2016 (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

Com 18 votos favoráveis, uma abstenção e quatro ausências, o vereador Vinícius Porto (DEM) foi reconduzido à Presidência da Câmara Municipal de Aracaju em antecipada eleição da mesa diretora que garantirá a gestão até o final do ano de 2016. A chapa única apresentada no início da tarde desta quarta-feira, 18, no plenário da Câmara de Vereadores ganhou abstinência apenas do vereador Iran Barbosa (PT) para “não ferir” os princípios do partido que não admite composição com o DEM.

A eleição aconteceu em tempo recorde e bem antecipada. A sessão foi iniciada às 13h e às 13h30, os vencedores foram anunciados. A chapa foi definida na noite da terça-feira, 17, em reunião do grupo que dá sustentação ao prefeito João Alves Filho (DEM). “A Câmara ficou aberta até 1h da madrugada [desta quarta-feira, 18] para receber a chapa”, declarou o vereador Vinícius Porto, observando que o grupo teria tentado, infrutiferamente, compor com o bloco de oposição para garantir vaga na mesa.

Vereadores dizem sim à chapa

Com a eleição antecipada, estará administrando a Câmara de Aracaju durante o biênio 2015/2016, os vereadores Vinícius Porto [presidente], Jailson Santana – PSC [vice-presidente], Roberto Moraes – Partido da Solidariedade [primeiro secretário], Anderson de Tuca – PRTB [segundo secretário] e Adelson Barreto Filho – PSL [terceiro secretário]. “As mulheres e a oposição foram excluídos por decisão deles, que são maioria e apóiam o prefeito. Fomos sacados da mesa diretora”, reagiu o deputado Emmanuel Nascimento (PT), que ocupa a terceira secretaria do Legislativo Municipal.

Nos debates internos entre os aliados de João Alves Filho, a indicação para ocupar a terceira secretaria foi para o vereador Valdir dos Santos (PT do B), mas no início da sessão convocada para eleger a mesa, ele anunciou a renúncia, deixando claro que o interesse seria presidir o Legislativo Municipal no segundo biênio desta legislatura. E, em seu lugar, entrou Adelson Barreto Filho, por indicação do próprio vereador Valdir.

Emmanuel Nascimento: "fomos sacados da mesa"

Muitos vereadores da bancada situacionista tentaram emplacar o nome, inclusive para substituir Vinícius Porto na Presidência. Mas não conseguiram. De acordo com o vice-presidente eleito, Jailton Santana, todos colocaram os respectivos nomes à disposição e a disputa ocorreu no voto, vencendo aqueles que obtiveram a maior preferência.
Para antecipar as eleições da mesa diretora, os vereadores modificaram o regimento interno, sob protestos da bancada de oposição.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais