Anvisa deverá recolher 59 doses da vacina CoronaVac em Sergipe

0
Essas doses fazem parte dos lotes do imunizante que a agência reguladora determinou o recolhimento (Foto: Flávia Pecheco)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou nesta segunda-feira, 27, que aguarda a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recolher as 59 doses da vacina CoronaVac (Instituto Butantan/Laboratório Sinovac) que estão em Sergipe, mas fazem parte do lote interditado por meio de resolução publicada no último dia 22 de setembro.

 

De acordo com a Anvisa, alguns lotes da vacina CoronaVac foram interditados após constatação de que dados apresentados pelo laboratório não comprovam a realização do envase da vacina em condições satisfatórias de boas práticas de fabricação.

A Anvisa informou que diante da situação, e considerando as características do produto e a complexidade do processo fabril, já que vacinas são produtos estéreis (injetáveis) que devem ser fabricados em rigorosas condições assépticas, adotou medida cautelar de recolhimento das doses com o objetivo de mitigar um potencial risco sanitário.

A SES destacou que nenhuma dose dos lotes citados pela Anvisa foi usada no estado. Ainda segundo a pasta da Saúde, essas doses foram recolhidas pelo Governo de Sergipe e estão em separado, à espera do recolhimento por parte da Anvisa.

A Anvisa enfatiza que a vacina CoronaVac permanece autorizada no país e possui relação benefício-risco favorável ao seu uso no país, desde que produzida nos termos aprovados pela autoridade sanitária.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais