Após dois atrasos, vacina contra a Covid-19 chega a Sergipe

0

Após dois atrasos, a vacina contra a Covid-19 chegou a Sergipe em um voo da Azul que aterrissou por volta das 20h desta segunda-feira, 18, no Aeroporto Santa Maria, em Aracaju.

A carga, que contém 48.360 doses de vacinas da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, foi escoltada por agentes da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal até a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológico (CEADI)  da Secretaria de Estado de Saúde (SES), que possui estrutura climatizada para armazenamento e distribuição.

Na CEADI, as vacinas ficam armazenadas para a estabilização da temperatura e para processo de separação para cada município. Inicialmente, os municípios irão receber o correspondente a 50 % do quantitativo, equivalente a primeira dose.

As vacinas estavam previstas para chegar às 12h, em um voo da Gol, mas não foram enviadas pelo Ministério da Saúde. Logo depois, houve a confirmação de que os imunizantes chegariam às 18h, em um voo da Azul. No entanto, houve um atraso na entrega da carga no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo provocando uma nova alteração no horário de chegada das vacinas em Aracaju.

Vacinação

Nesta primeira fase de vacinação, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) pretende imunizar 23.272 pessoas, em duas doses. Estão nesta faixa prioritária os profissionais de saúde (22.760), idosos de 60 anos ou mais institucionalizados (240), pessoas com deficiência institucionalizadas (22) e indígenas aldeados (250). A vacinação de um profissional de saúde do Hospital Governador João Alves Filho na manhã desta terça-feira, 19, marcará o início da imunização em Sergipe.

Amanhã, a partir das 7h, também acontecem a distribuição das vacinas para os municípios sergipanos. Segundo o Governo, o Plano de Vacinação de Sergipe determina que os municípios das Regiões de Saúde de Aracaju (Aracaju, Barra dos Coqueiros, Divina Pastora, Itaporanga, Laranjeiras, Riachuelo, Santa Rosa de Lima e São Cristóvão) e Região de Nossa Senhora do Socorro (Capela, Carmópolis, Cumbe, General Maynard, Japaratuba, Maruim, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Pirambu, Rosário do Catete, Santo Amaro e Siriri) retirem os imunizantes na central da SES.

Já para os municípios das Regiões de Saúde de Estância, Itabaiana, Lagarto, Nossa Senhora da Glória e Propriá, a Saúde do estado fará o transporte aéreo e terrestre. Os municípios circunvizinhos retirarão suas doses nessas cidades.

Por Verlane Estácio com informações da ASN

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais