Após suspensão, Hospital São José volta a atender pacientes do SUS

0
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os serviços ofertados pela unidade hospitalar serão regularizados ao longo do dia (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Após dois dias sem ofertar o serviço, o Hospital São José voltou nesta quarta-feira, 28, a atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A paralisação começou no início da semana após atraso nos repasses para custear o atendimento ambulatorial. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os serviços ofertados pela unidade hospitalar serão regularizados ao longo do dia. O usuário que porventura tenha tido remarcação de consulta ou de exame terá os procedimentos reagendados para esta semana, de modo a não acarretar descontinuidade ou prejuízos ao serviço.

Embora o atendimento tenha sido normalizado, o coordenador administrativo geral do Hospital São José, Fúlvio Leite, explica que apenas parte dos recursos foram liberados. “Pagaram 37% da dívida. O montante total ainda é muito alto”, afirma Leite. Ainda segundo ele, como ainda há recursos a receber, não se sabe até quando o Hospital continuará com o atendimento aberto. “Com esse pagamento, destravamos os serviços. Mas não sei até quando podemos manter. Os repasses ainda não foram todos concluídos. O repasse federal ainda não foi feito”, salienta.

Em nota, a SMS afirmou que possui três contratos vigentes com o hospital São José, incluindo serviços como psiquiatria, saúde auditiva, cirurgias gerais entre outros; contrato de enfermaria de leito covid-19 e contrato de UTI covid-19, os quais abrangem diversas fontes pagadoras. “Até esta terça-feira (27), foram pagos R$ 2,127 milhões. Desse valor, R$ 588.868, 62 recursos municipais, R$1,199 milhão de repasses estaduais e R$ 338.828,53 de recursos federais”, explica.

Ainda segundo a pasta, atualmente, o valor em aberto é de aproximadamente R$ 2,2 milhões. “A nota do co-financiamento federal, no valor de R$729.067,37, está em processamento. O município está aguardando pagamento do montante restante, concernente a repasses estaduais, para efetivar prestação ao Hospital São José. Esse montante inclui o contrato ordinário, contrato de leitos de enfermaria Covid-19 e contrato de UTI Covid-19”, acrescenta a SMS.

Na última segunda-feira, 26, quando o Hospital São José anunciou a suspensão de parte das atividades, a SES explicou que não tinha contrato direto com a unidade hospitalar e informou que havia repassado R$ R$ 323.803,49 para a SMS. O Portal Infonet fez um novo contato com a SES, mas sem sucesso. A equipe de reportagem está à disposição por meio do email jornalismo@infonet.com.br ou telefone (79) 9 9642-9640.

Por Karla Pinheiro

Comentários