Baixa vacinação contra a Influenza é preocupante em Sergipe

(Foto: Sérgio Silva/PMA)

A Secretaria de Estado da Saúde informou nesta terça-feira, 17, que a baixa procura pela vacinação contra a Influenza em Sergipe é preocupante. Segundo a SES, das 527.922 pessoas, apenas 208.774 foram imunizadas, o equivalente a 39,55% de cobertura vacinal.

Segundo a secretária de Saúde, Mércia Feitosa, a vacinação contra a Influenza, a mais eficaz ferramenta contra o adoecimento das pessoas, particularmente daquelas que estão nos grupos prioritários, tem uma grande importância. “É preocupante constatar que a população não está respondendo bem ao chamamento para a imunização e a consequência disso, certamente, será o aumento de casos, que podem evoluir para condições de agravamento e até óbitos”, declarou Feitosa.

Dados do Programa Estadual de Imunização revelam que a cobertura vacinal contra a Influenza não corresponde à expectativa da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O detalhamento dos grupos prioritários mostra que gestantes e puérperas estão entre as piores coberturas, com pouco mais de 10% e 9%, respectivamente. As crianças entre seis meses e menor de cinco anos somam atualmente 149.446, mas apenas 35.737 foram vacinadas contra a gripe, o que dá uma cobertura de 23,91%.

Além disso, segundo esses dados, somente 41,74% dos profissionais da saúde se vacinaram, assim como, apenas 15% dos professores e 53% das pessoas com 60 anos ou mais. “Dentre os grupos prioritários, os idosos merecem uma maior preocupação porque eles são mais vulneráveis ao adoecimento e agravamento da Influenza”, considerou Mércia Feitosa.

Com informações da SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais