Bloco da Prevenção desfila no Rasgadinho no domingo de Carnaval

0
A agremiação desfilará dentro do Bloco Rasgadinho, percorrendo as ruas do bairro Cirurgia (Foto: SES)

Com a participação de cerca de 500 foliões, o Bloco da Prevenção da Secretaria de Estado da Saúde (SES) sairá às ruas no domingo de Carnaval, levando a mensagem da prevenção contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) como a Aids, Sífilis e Hepatite.

Sob o comando do médico sanitarista e gerente do Programa ISTS/Aids da SES, a agremiação desfilará dentro do Bloco Rasgadinho, percorrendo as ruas do bairro Cirurgia.

O Camisildo, unidade móvel símbolo da prevenção, estará no desfile viabilizando a distribuição de preservativos para os foliões, segundo informou Almir Santana. Para ter acesso ao bloco é preciso trocar o abadá por uma lata de leite em pó, produto que tem destino certo: as pessoas que vivem com o HIV e a Casa de Apoio  Bom Samaritano que atende soro positivos e famílias em vulnerabilidade social.

Os integrantes do Bloco da Prevenção receberão, além do abadá, porta-camisinha e folhetos educativos sobre as novas tecnologias da prevenção combinada que são a PEP (Profilaxia Pós-Exposição) e PREP (Profilaxia Pré-Exposição), conforme salientou o gerente do Programa IST/Aids.

Almir Santana informou que estão sendo confeccionados 1.500 abadás, sendo destinados 500 para o Bloco da Prevenção, e os demais para os trabalhadores da Saúde dos municípios sergipanos. “Repassaremos abadás para os profissionais do interior do Estado que irão atuar no trabalho de prevenção durante o Carnaval”, enfatizou.

De acordo com o sanitarista, o Carnaval é uma festa que muda muito o comportamento das pessoas, particularmente daquelas que consomem bebidas alcoólicas, tornando- as mais vulneráveis. “Então, é importante que os foliões não se esqueçam de levar e usar corretamente a camisinha. Nossa recomendação é um Carnaval com saúde para todos e para ter saúde é preciso haver a preocupação com a prevenção”, assinalou.

Fonte: SES
Comentários