Câncer de mama: rede de saúde oferta serviço para diagnóstico precoce

0
Prefeitura oferta serviços na Atenção Básica e Especializada para o diagnóstico precoce do câncer de mama (Foto: Freepik)

Sendo o mês escolhido para a intensificação das ações de conscientização das mulheres sobre o câncer de mama, em mais um ano, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, adere à campanha do Outubro Rosa e alerta sobre a importância do diagnóstico precoce. Na capital, a população pode contar com serviços da Rede de Atenção Básica e Rede Especializada.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, quando diagnosticado precocemente, as chances de cura se aproximam dos 100%, o que reduz significativamente o número de óbitos por conta da doença.

“O Outubro Rosa, internacionalmente, é o mês destinado à prevenção do câncer de mama, em mulheres e homens, embora, nestes últimos, com menor incidência. E de todos os tipos de câncer, o de mama é o que mais mata mulheres. Precisamos fazer o diagnóstico precocemente para salvar a vida”, ressaltou o médico e responsável técnico pelo Programa de Saúde da Mulher, Carlos Noronha.

O médico salienta que o município dispõe de serviços, tanto na Rede de Atenção Básica, quanto na Rede Especializada, assim como possui profissionais de saúde preparados para o acolhimento desses pacientes que apresentam sintomas ou os que desejam realizar consultas e exames preventivos.

“Caso a pessoa sinta dor, note alguma alteração, nódulo ou até mesmo algum tipo de secreção dos mamilos, ou ainda as pessoas assintomáticas, é indicado que busque os serviços do município, junto às Unidades Básicas de Saúde. Quando o câncer é detectado, fazemos todo o encaminhamento para as unidades de alta complexidade, gerenciadas pelo Estado. E, caso não haja esse diagnóstico, o paciente continua sendo atendido pelo Município, com as consultas e exames preventivos”, explicou Noronha.

Em 2019, foram realizadas 17.941 mamografias e 15.707 citologias pela rede municipal da saúde. Já em 2020, os exames foram suspensos, temporariamente, por causa da pandemia e retomados no mês de julho, seguindo todos os protocolos do Ministério da Saúde.

Além da retomada dos serviços, para o Outubro Rosa deste ano, a SMS programou o acendimento das luzes na cor rosa no prédio da sede; lançamentos de vídeos; questionário “Cuidando do Cuidador”; busca ativa nos territórios pelos agentes comunitários de saúde; dois sorteios de camisas alusivas à campanha para as servidoras que responderam o questionário; e o encerramento da campanha com o compartilhamento do vídeo “Diagnóstico precoce do câncer de colo do útero”.

 Atendimento no CAASM

Após a realização da consulta na Unidade Básica de Saúde, caso seja necessário, o usuário é encaminhado para atendimento especializado no Cemar Siqueira Campos, através do Centro de Acolhimento e Atenção à Saúde da Mulher (CAASM). A unidade dispõe de profissionais na área de mastologia, que farão a avaliação clínica e a análise do resultado do exame de mamografia.

“O exame considerado de padrão ouro é a mamografia. Na nossa rede, não temos fila, o acesso é bem tranquilo. Com o agendamento feito pela UBS, o usuário é encaminhado para uma das nossas clínicas conveniadas para fazer a sua mamografia. A partir desse resultado, se identificada alguma alteração, a unidade de saúde vai fazer contato com o nosso serviço, pois não é um serviço de porta aberta. Todo nosso atendimento é através das unidades de saúde”, descreveu a gerente do CAASM, Cristiane Ludmila.

Ainda de acordo com a responsável pelo Centro, as pessoas que apresentam alterações nos resultados dos exames se tornam prioridade no atendimento.

A mastologista Aline Barreto é uma das profissionais que atuam no CAASM e explicou que, além do atendimento inicial com a consulta e avaliação dos primeiros exames, caso seja necessário, a paciente também passa por procedimentos que são realizados lá mesmo na unidade.

“O trabalho desenvolvido pela mastologia inclui desde o diagnóstico das lesões mamárias, através das consultas de mama, do acolhimento, punção, biópsia com agulha grossa e alguns pequenos procedimentos como cirurgia de retirada de nódulo de mama”, especificou a médica.

Fonte: SMS

Comentários