Casos da Covid-19 no interior já representam 30% do total do estado

0
Município de Itabaiana lidera casos de pessoas infectadas no interior, mas não dispõe de leitos de UTI (Foto: arquivo Portal Infonet)

Com mais de 100 dias desde o primeiro caso da Covid-19 em Sergipe, as autoridades da saúde monitoram com atenção a descentralização dos casos do vírus da Região Metropolitana para o interior sergipano. Atualmente, o interior registra 30% do total de casos do estado, o equivalente a 7.310 casos. Em outros estados, autoridades já têm confirmado o aumento considerado de casos em municípios do interior, como em São Paulo.

A principal preocupação com a descentralização dos casos da Região Metropolitana é a falta de leitos de UTI e estrutura adequada em alguns municípios, recursos que são essenciais para vítimas da Covid-19 com sintomas graves. Do total de mortes do estado (653), até o momento, 40% representam vítima do interior de Sergipe, ou seja, 263 mortes. Apenas 16 municípios ainda não registram óbito provocado pela Covid-19.

Os municípios do interior que aparecem com mais casos são Itabaiana, Estância, Lagarto e Nossa Senhora da Glória. Veja abaixo os números de cada um:

Itabaiana
Casos: 1.098
Óbitos: 20
Leitos de UTI SUS: 0

Estância
Casos: 626
Óbitos:22
Leitos de UTI SUS: 33 (10 ocupados)

Lagarto
Casos: 526
Óbitos: 18
Leitos de UTI SUS: 30 (25 ocupados)

Nossa Senhora da Glória
Casos: 400
Óbitos: 1
Leitos de UTI SUS: 0

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), há a previsão de ampliação dos leitos no interior do estado, com oferta de mais 10 unidades em Lagarto e 8 em Estância.

Grande Aracaju

Com 70% do total de casos de infectados, a Grande Aracaju, que engloba a capital sergipana, e os municípios de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros, registra hoje 17.507 casos. É também na região onde está concentrada a maior parte dos leitos de UTI do SUS exclusivos para a Covid-19, 113 unidades – 94 delas já ocupadas.

Por Ícaro Novaes

Comentários