Coronavírus: PMA atenderá em casa pacientes com sintomas de gripe

0
Edvaldo Nogueira assina decreto após reunião com governador e outras instituição (Foto: Portal Infonet)

As pessoas que residem em Aracaju que apresentarem sintomas respiratórios, semelhantes aos disseminados pelo coronavírus (COVID-19), não devem sair de casa. O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou a criação do MonitorAju, que fará o monitoramento dos casos sintomáticos através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O sistema funcionará a partir de quarta-feira próxima, dia 18. Conforme o prefeito, no primeiro momento, o paciente fará uma ligação telefônica, através do número 156, para relatar o quadro de saúde e, sendo necessária a prestação de um serviço mais completo, a prefeitura enviará profissionais de saúde para atender o paciente em domicílio.

Também devem fazer esse contato telefônico quaisquer pessoas que fizeram viagens internacionais e visitaram regiões classificadas como zona de risco ou chegaram dos estados brasileiros onde já ocorreram transmissão comunitária, mesmo apresentando quadro assintomático. A equipe também está disponível para prestar os esclarecimentos necessários à população sobre a doença e os métodos de prevenção.

Ao anunciar o plano de contingência da Prefeitura de Aracaju, o prefeito também contingenciou verbas do tesouro municipal na ordem de R$ 5 milhões para uso emergencial no combate ao coronavírus. O prefeito decretou estado de emergência em Aracaju, dispensando licitações públicas. Essas foram algumas medidas que estão no decreto municipal assinado pelo prefeito na manhã desta segunda-feira, 16, no Palácio de Despachos [sede oficial do Governo do Estado], onde ocorreu uma reunião ampliada com o governador Belivaldo Chagas e diversos setores públicos para discutir as estratégias para o enfrentamento ao coronavírus.

Conheça as principais medidas anunciadas pelo prefeito:

-As empresas de transporte coletivo devem reforçar as medidas de higienização no interior dos veículos.

-O aeroporto e as rodoviárias devem distribuir material informativo sobre a doença, assim como oferecer material de higienização nos lavatórios.

-Como os idosos são mais vulneráveis, o prefeito suspendeu todas as atividades do Grupo de Idosos, criado para incentivar práticas esportivas e culturais a essa parcela da população.

-Recomenda-se que pacientes com sintomas respiratórios devem permanecer em casa, assim como deve ser evitada a circulação de pessoas com doenças crônicas em ambientes com aglomeração.

-Os estabelecimentos devem disponibilizar informações visíveis sobre higienização de mãos, sabonete líquido e papel toalha descartável nos lavatórios.

-Os eventos governamentais, esportivos, artísticos, culturais, científicos, comerciais ou religiosos que causem aglomeração superior a 250 pessoas em espaços abertos e acima de 100 pessoas em espaços fechados devem ser cancelados ou adiados.

-Suspende férias e também as viagens oficiais dos servidores públicos municipais. As viagens só poderão ocorrer mediante autorização do chefe do Poder Executivo, após manifestação do Comitê de Operação de Emergência que já sendo criado no âmbito da Prefeitura de Aracaju.

-Os locais de grande circulação de pessoas [shopping center, terminais de transporte e todo o comércio] devem reforçar medidas de higienização e superfície e disponibilizar álcool gel 70% aos usuários, disponíveis em locais devidamente sinalizados.

-O decreto prevê contratação temporária de profissionais da área de saúde, além da quantidade das vagas já disponibilizadas no Processo Seletivo Simplificado (PSS).

-O atendimento ao público em órgãos públicos será feito a uma distância mínima de dois metros, a exceção dos serviços de saúde e educação.

por Cassia Santana

Comentários