Coronavírus: Sinpol denuncia descaso da SSP com policiais civis

0
Um dos momentos que policiais civis são mobilizados por melhores condições de trabalho e salário (Foto Ilustrativa: Ascom/Arquivo Sinpol)

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) denuncia suposto descaso da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) com o tratamento aos servidores da pasta, em especial aos agentes da Polícia Civil que ficam expostos, vulneráveis à contaminação por coronavírus, o COVID-19. Em nota enviada à imprensa, o Sinpol informa que recebe várias denúncias e que ainda esta semana iniciará visitas técnicas às unidades da SSP para conhecer de perto as condições de trabalho e identificar a real situação dos servidores.

Na nota, o Sinpol destaca que a portaria publicada pela SSP não traz referência a material de proteção individual que deve estar disponibilizado nas Delegacias de Polícia Civil. O Sinpol diz que os policiais estão expostos aos riscos e revoltados com o teor da portaria que normatiza o funcionamento das delegacias para os próximos 15 dias. Nessa portaria, segundo o Sinpol, não está prevista a distribuição de qualquer material, indispensável para a proteção dos agentes.

“Não há sequer a previsão de máscaras e luvas para conduzirmos devidamente as pessoas presas”, ressalta o Sinpol, na nota. “Não se fala da garantia de álcool, papel toalha ou flanela para os policiais estarem limpando os equipamentos que utilizam. Há delegacias que não têm nem sabão para os policiais lavarem as mãos adequadamente, e essa realidade apontada pelos agentes, agentes auxiliares e escrivães é grave”, considera o presidente do Sinpol, Adriano Bandeira, na nota enviada à imprensa.

Em nota, a assessoria de imprensa da Delegacia-Geral da SSP informou que ficou impossibilitada de adquirir os produtos considerados importantes porque o álcool em gel  70%, as luvas e as máscaras desapareceram do mercado e que não encontrou empresas aptas para atender a demanda da Polícia Civil.

Segundo a nota, a Secretaria de Estado da Saúde destinou dezenas de litros de álcool em gel, que começaram a ser entregue na noite da quarta-feira, 18. Já foram distribuídos os materiais para a Coordenadoria de Polícia Civil da Capital e do Interior, para o Departamento de Atendimentos aos Grupos Vulneráveis (DAGV) e o CORE. “Hoje, um novo carregamento será disponibilizado na Central de Flagrantes e Delegacias Plantonistas do interior, além dos Departamentos e unidades que têm presos custodiados”, destacou a nota.

Ainda nesta quinta-feira, 19, conforme a nota, serão distribuídas máscaras, luvas e álcool em líquido para limpeza de mesas, computadores e materiais de trabalho dos policiais. Nesse período,  de acordo com a nota, as pessoas que precisarem fazer boletins de ocorrências podem procurar à Delegacia Virtual no site www.portalcidadao.ssp.se.gov.br.

 

por Cassia Santana

 

 

 

 

Comentários