Covid-19: profissionais de transporte terão prioridade em vacinação

0
SES prevê imunizar cerca de 3.480 Trabalhadores do Transporte Coletivo Rodoviário e Metroferroviário de passageiros (Foto: Marcelle Cristinne/ASN)

Os profissionais de transporte foram incluídos pelo Ministério da Saúde na lista dos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19. A informação foi confirmada pelo Ministério da Infraestrutura

Segundo o informe técnico da instituição, estarão na lista de prioridade os caminhoneiros; portuários, incluindo trabalhadores da área administrativa; funcionários das companhias aéreas nacionais; funcionários de empresas metroferroviárias de passageiros e de cargas; funcionários de empresas brasileiras de navegação; e motoristas e cobradores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso.

Em Sergipe, conforme o Plano Estadual de Vacinação, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) prevê imunizar cerca de 3.480 Trabalhadores do Transporte Coletivo Rodoviário e Metroferroviário de passageiros. No tocante aos profissionais do transporte aéreo, a expectativa é que 515 pessoas sejam vacinas.

Apesar dessas previsões, o Plano Estadual de Vacinação não indica em qual das fases iniciais esses trabalhadores deverão receber a primeira dose da vacina CoronaVac (Instituto Butantan/Farmacêutica Sinovac). O Ministério da Infraestrutura salienta ainda que “para se vacinar os trabalhadores precisarão comprovar, por meio de documentação, que possuem vínculo ou fazem parte desses grupos”, diz a pasta.

Setransp/Fetralse

Em nota conjunta, o o Setransp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju) e a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros de Alagoas e Sergipe (Fetralse) se colocaram à disposição das autoridades públicas quanto à imunização contra à Covid-19, oferecendo as estruturas das unidades do SestSenat e das garagens das empresas prestadoras do transporte público coletivo.

“O setor, que já vinha desenvolvendo uma série de medidas de prevenção contra o novo coronavírus, segue ampliando suas ações e quer colaborar com esse momento, tanto para benefício dos trabalhadores do transporte, que estão incluídos no grupo prioritário da vacinação, como também para toda a população”, destaca as entidades.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais