Covid-19: saiba como usar a água sanitária para desinfecção

0
Cuidados devem ser levados em consideração na hora de utilizar o produto (Foto: Freepik)

Com o surgimento da pandemia em decorrência do novo coronavírus, muitas donas de casas correram aos supermercados para a compra do álcool gel e da água sanitária para fazer uso na limpeza doméstica. Mas em que momento a água sanitária pode ser utilizada e os cuidados que se deve ter com a saúde?.

A reportagem do Portal Infonet conversou com a gerente de ações estratégicas da Vigilância Sanitária de Aracaju, Jackeline Andrade, que deu orientações aos consumidores durante o manuseio do produto.

De acordo com Jackeline Andrade, para fazer a limpeza diária o recomendado é que o produto seja utilizado no mesmo dia. “A água sanitária é eficaz no combate ao coronavírus. O importante é criar meios de retirar o vírus da superfície, mas mantendo os critérios de higiene. A pessoa deve usar 2 colheres e meia de sopa de água sanitária em um litro de água e passar na superfície”, diz Jackeline. Ela orienta que essa solução deve ser feita e utilizada no mesmo dia, não podendo deixá-la armazenada, já que o produto é oxidante.

No momento da compra do produto, os consumidores devem levar em conta algumas considerações, tais como: nunca comprar o produto sem o rótulo, verificar se tem o certificado de autorização da Anvisa, nome do fabricante, validade, número do lote e do responsável técnico pelo produto.

Cuidados

O uso da água sanitária não é recomendado com a junção de outros produtos de limpeza. “O risco de acidente é grande. Se sobrar um pouco do produto e a pessoa quiser armazenar para usar mais tarde, o ideal é colocar em um vazo de produtos de limpeza. Nada de colocar ele em vazo de refrigerante ou água mineral”, conta. O ideal é que o produto seja usado em diluição com água. O uso do produto sem diluição (puro) apenas é recomendado em limpeza mais pesada a exemplo de limpeza do banheiro.

Durante o manuseio do produto é recomendado o uso de luvas, no entanto, os consumidores devem tomar cuidado para que não haja a contaminação. “Sempre é recomendado o uso de luva para proteger as mãos, mas tomar o cuidado de não levar a mão nos olhos, nas vias mucusas ou coçar o cabelo porque pode ocorrer a contaminação do vírus”, informa.

Jackeline Andrade ainda destaca que em caso de uso exagerado e intoxicação, a pessoa deve ser retirada de imediato do ambiente em que está o produto. “A água sanitária é irritante. Se a pessoa perceber que durante o uso o olho irritou, a garganta irritou, a pessoa deve ser colocada em um local ventilado e entrar em contato com o socorro médico. O ideal é ligar para um médico de confiança para pedir auxílio para evitar sobrecarregar uma unidade de saúde nesse período”, alerta.

Limpeza de máscaras e frutas

Para limpeza de máscaras e frutas o uso é o mesmo (2 colheres e meia de água sanitária para 1L de água). Coloca a máscara ou as frutas em um recipiente com a água sanitária e aguarda por 10 min, depois enxágua.

Para a utilização das frutas, caso a dona de casa não tenha água sanitária, a limpeza dos alimentos também pode ser feita com vinagre, sendo utilizada a mesma proporção da água sanitária.

Denúncia

A Vigilância Sanitária de Aracaju está em alerta para venda de produtos clandestinos. O consumidor pode fazer a denúncia através do (79) 3711-5072.

por Aisla Vasconcelos

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários