Estudos em Oxford apontam medicamento que atenua riscos da Covid-19

0
Medicamento é alvo de estudo desde março (Foto: Pixabay)

O tratamento com corticóides em doses reduzidas pode ser uma das formas de reduzir as mortes provocadas pela Covid-19, segundo estudos realizados pela Recovery, da Universidade de Oxford, no Reino Unido. O medicamento observado é o dexametasona, de fácil acesso pelo preço e por ser encontrado em muitas drogarias.

Segundo os estudos, o medicamento reduziu o risco de morte em até 30% dos pacientes em estado grave nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). Numa amostra em pacientes com sintomas menos graves, mas em uso de oxigênio, a cada 20 infectados, 19 apresentam melhora dos sintomas sem precisar de hospitalização. O estudo conclui ainda que se usado desde o início da pandemia, o medicamento poderia ter salvo 5 mil vidas no Reino Unido.

O estudo foi aplicado sobre cerca de 2 mil pacientes hospitalizados, que receberam a medicação, e tiveram seus quadros de saúde comparados com cerca de 4 mil que não receberam o medicamento. O tratamento com a medicação dura, em média, 10 dias.

Os especialistas informaram que não há evidências claras de eficácia do medicamento em pacientes com sintomas leves da Covid-19, portanto, alerta que não há necessidade de corrida às farmácias. Os estudos estão em andamento desde março deste ano.

Por Ícaro Novaes
Com informações da Universidade de Oxford e da BBC

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais