Falta de oxigênio medicinal impede reabertura do Hospital de Campanha

0
Prefeitura não está conseguindo reativar Hospital de Campanha na capital por falta de oxigênio(Foto: Sérgio Silva/PMA)

A Secretaria de Saúde de Aracaju (SMS) havia anunciado há alguns dias a possibilidade de reabrir o Hospital de Campanha na capital para receber pacientes com Covid-19, mas, de acordo com a Prefeitura de Aracaju (PMA), o munícipio tem encontrado uma grande dificuldade de montagem por causa da falta de tanques de oxigênio, provocada pela grande demanda do mercado neste momento.

Diante da alta taxa de contágio da Covid-19, casos da doença e óbitos, a Prefeitura informa que irá, ainda esta semana, abrir novos leitos de retaguarda de enfermeira. A perspectiva, segundo a PMA, é abrir 40 novos leitos, assegurando assim atendimento e internamento aos pacientes com a doença.

Ainda segundo a PMA, parte desses novos leitos irão funcionar na Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco, zona sul da capital, e outra parte no Hospital Santa Isabel. As tratativas para contratação dos leitos, segundo a Prefeitura, já estão em andamento.

Com a ampliação desses 40 leitos, a Prefeitura informa que Aracaju passará a ter 165 leitos exclusivos para pacientes com coronavírus.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais