Grupo promoverá Roda de Apoio para mães e pais que perderam bebês

(Foto: Pexels)

No dia 16 de março, sábado, o Grupo Casulo realizará a Roda de Apoio ao Luto Perinatal, voltada para mães e pais que perderam seus filhos(as) ainda na gestação, logo após o nascimento ou até o primeiro ano de idade .

A Roda tem o intuito de promover um momento de conversa, escuta e acolhimento entre pessoas que vivem o luto por seus bebês e passam por situações parecidas. É cientificamente comprovado que desabafar sentimentos e emoções traz benefícios para o cérebro. Nesse processo, compartilhar experiências também pode ajudar na elaboração do luto.

O Grupo Casulo destaca a importância de proporcionar espaços seguros como este, onde a mãe e o pai podem contar suas histórias, falar de seus filhos e filhas e ser ouvidos sem julgamentos. É uma oportunidade de apoiar e ser apoiada por quem entende essa dor, além de validar a existência do seu bebê, muitas vezes ignorada e esquecida por familiares e amigos.

Nas rodas, conhecemos pessoas que, por diversos motivos, viveram uma perda gestacional ou neonatal. Perder um filho é uma dor imensurável e sem fim. E quando isso acontece com ele ainda na barriga, há um consenso social de que isso é normal e, portanto, o luto acaba invisibilizado. Quando o bebê morre no parto ou com alguns meses de nascido, pode existir algum pesar, mas ainda assim essa família sofre com pouco-caso e lida com a ideia alheia de que um futuro filho poderá substituir aquele que morreu. Essa cultura que subestima a morte de um bebê contribui para a tristeza das famílias enlutadas.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais