Hospitais privados atenderam mais de 2.500 casos de síndrome gripal

0
Foram atendidos 2.702 casos de Síndrome Gripal. (Foto: freepik)

A pedido do Ministério Público de Sergipe, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, os hospitais particulares de Aracaju, a exemplo do Primavera, Renascença, São Lucas e Unimed informaram que, no mês de março, foram atendidos 2.702 casos de Síndrome Gripal.

Desse total, 150 foram notificados à Secretaria de Estado da Saúde (SES) e 2552 pacientes estão em isolamento domiciliar, por orientação médica, mas não fizeram exame para a Covid-19. A Vigilância em Saúde orienta que os hospitais notifiquem à SES apenas quando se tratar de casos confirmados como Síndrome Respiratória Grave.

“Esses números precisam ser divulgados para conhecimento da população e coordenação dos cuidados com os pacientes, bem como para a investigação epidemiológica e, até, para garantir políticas públicas e estratégias de saúde”,  destacou a promotora de Justiça Euza Missano.

Segundo Missano, com as informações solicitadas, o MP analisará as ocorrências da contaminação em Sergipe, para articular as Promotorias de Justiça que integram o Gabinete de Acompanhamento de Crise e, assim, intensificar a conscientização da população de que deve permanecer em casa.

“As pessoas precisam obedecer a recomendação das autoridades sanitárias no que diz respeito ao isolamento social, pois o número de infectados, efetivamente, pode ser muito maior, diante dos números de pacientes que não fizeram o exame para detecção da Covid-19 apresentados pelos hospitais”, avalia a promotora de justiça.

Fonte: MPE

Comentários