Huse e São Lucas têm leitos de UTI exclusivos para Covid-19 esgotados

0
130 pessoas estão internadas em leitos de UTI no estado (Foto: Pixabay)

Os dois maiores hospitais de Sergipe, Huse e São Lucas, o primeiro da rede pública e o outro da privada, tiveram seus leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) esgotados. O São Lucas, por exemplo, já atua acima da sua capacidade de leitos. Na unidade, há 28 pacientes em tratamento intensivo, mas há oferta apenas de 26 leitos de UTI. Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), os dois pacientes excedentes estão em leitos de contingenciamento.

No Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) a ocupação total dos leitos já vinha sendo anunciada nos últimos dias. Até a última segunda-feira, por exemplo, restava apenas uma vaga na UTI – que acabou preenchida nesta terça-feira. Portanto, o maior hospital público de Sergipe, atualmente, não tem mais capacidade de admitir pacientes em leitos de UTI. Há expectativa de ampliação na oferta de leitos até a próxima sexta-feira, 29, com a chegada de 15 respiradores ventilatórios para o estado.

Onde há vagas

Os demais hospitais que estão recebendo pacientes graves da Covid-19, conforme boletim epidemiológico, ainda possuem vagas, mas em poucas quantidades. No Hospital de Cirurgia, onde 20 vagas foram disponibilizadas para o Sistema Único de Saúde (SUS), apenas 6 estão disponíveis. No Hospital Universitário de Aracaju, dos 14 leitos, há 2 vagas apenas. No HU de Lagarto, restam 5 vagas. Nos hospitais de Itabaiana e Estância, há 1 e 4 vagas em leitos de UTI, respectivamente.

Na rede privada, o Hospital Primavera ainda possui 5 vagas, conveniados do Ipes têm duas vagas no Hospital Cirurgia, e nos hospitais Renascença, Unimed e Gabriel Soares, 4, 3 e 2 vagas, respectivamente.

Sergipe tem atualmente 130 pessoas internadas em leitos de UTI.

Por Ícaro Novaes

Comentários