Mamografia é realizada de graça na praça de eventos dos mercados

0
Iniciativa começou nesta terça-feira, 4, e vai até o próximo sábado, 8, das 08h às 17h (Foto: Portal Infonet)

Exames de mamografia estão sendo realizados gratuitamente desde a manhã desta terça-feira, 04, na praça de eventos dos Mercados Municipais de Aracaju. A iniciativa é do Hospital de Câncer de Barretos que doou uma carreta onde a mamografia vem sento feita e da ONG Mulheres de Peito, que presta assistência a mulheres com câncer.

Sheila Galba, integrante da ONG Mulheres de Peito (Foto: Portal Infonet)

Segundo Sheila Galba, da ONG Mulheres de Peito, essa segunda edição do exame visa atingir um número maior de mulheres em relação a ação realizada ano passado. “Serão quatro dias intensos de muito trabalho. Pretendemos atender a 46 mulheres por dia”, conta. Ano passado 80 mulheres realizaram o exame de maneira gratuita.

“Esse exame é levado para Lagarto, de lá para o Hospital de Câncer de Barretos, onde o exame é analisado e encaminhado de volta para nós depois de 30 dias”, resume. “Se acontecer qualquer alteração no exame de uma dessas mulheres elas serão acompanhadas até o diagnóstico preciso: se é câncer ou não. Se for câncer, ela volta para cá e nós encaminhamos ao Huse para fazer o tratamento oncológico necessário”, acrescenta.

Rosevone Leite Limeira, de 56 anos, ficou sabendo da inciativa por meio das redes sociais e logo compareceu ao local acompanhada da filha, Cármen (Foto: Portal Infonet)

A dona de casa Rosevone Leite Limeira, de 56 anos, ficou sabendo da inciativa por meio das redes sociais e logo compareceu ao local acompanhada da filha, Cármen. “Eu estou muito nervosa. Antes eu fazia o exame todo ano, mas já tem um tempinho que eu não faço. Atualmente eu sinto muita dor na mama porque eu tenho um nódulo de gordura”, diz preocupada. Assim que chegou, Rosevone rapidamente fez o cadastro e foi logo encamisada para realizar o procedimento. “Se Deus quiser não vai ser nada de ruim”, afirma.

Para realizar o cadastro é preciso levar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e o cartão do SUS. Durante a realização do exame, a paciente é acompanhada pela nutricionalista Mariana Oliveira. Eu realizo exames de bioimpedância para saber o percentual de gordura corporal, visceral, IMC [Índice de Massa Corporal] e a partir daí eu oriento as mulheres para uma melhor qualidade de vida”, resume.

 por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos

Comentários