Greve nos Hospitais Universitários do Brasil é suspensa

0
Serviços funcionarão regularmente no HU (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) informa que a maioria dos trabalhadores vinculados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) aceitou a proposta de mediação feita pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e acabou suspensa a greve que ocorreria nesta terça-feira, 18, nos Hospitais Universitários (HU) de todo o país.

Apesar de suspensa a greve geral, os empregados mantêm estado de greve, na perspectiva de obter um consenso a partir da mediação do TST, conforme informações da Condsef. “O estado permanente de greve e mobilização é fundamental nessa etapa do processo, portanto, todos atentos. Juntos vamos vencer os obstáculos”, observa o secretário geral da Confederação, Sérgio Ronaldo da Silva.

A categoria aguarda apresentação de uma proposta que será avaliada em novas assembleias dos trabalhadores nos Estados. Segundo a Condsef, até o momento o processo de negociações com a empresa não surtiu resultados. Na ótica da Confederação, a falta de entendimentos ameaça os direitos assegurados no atual acordo coletivo.

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) se manifestou enviando nota à redação. Na nota encaminhada pela assessoria de imprensa, a empresa responsabiliza os trabalhadores pela falta de entendimento para o acordo coletivo. “Os representantes sindicais não aceitaram continuar as negociações com a estatal, mesmo depois da primeira sinalização de que a proposta originalmente apresentada poderia melhorar”, destaca a nota.

A empresa informa que “não se opõe à mediação no TST por entender que todas as tratativas são válidas com o intuito de evitar greves que possam comprometer o atendimento dos hospitais”.

Com informações da Condsef

A matéria foi alterada às 10h58 do dia 18/06 para acréscimo de informações enviadas pela Ebserh
Comentários