MP’s querem que Energisa faça melhorias na Unidade de Queimados

0
MP’s querem acordo com Energisa para melhorias na Unidade de Queimados (Foto: Portal Infonet)

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual (MPF) e (MPE) e a Energisa costuram um acordo e, em breve, podem promover melhorias na Unidade de Terapia de Queimados (UTQ) do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Na manhã desta sexta-feira, 13, foi realizada uma visita para ver as necessidades e carências do setor.

O Huse será oficiado e encaminhará ao MPF e ao MPE um relatório técnico, dentro de 20 dias, das carências da UTQ. Posteriormente, o documento será levado à Energisa, contendo itens e valores, para que seja avaliado o que pode ou não ser feito, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

A iniciativa parte de dois inquéritos civis, protocolado por cada MP contra a companhia de energia elétrica, por conta da polêmica do rompimento de fios em todo o Estado. A ideia é que a Energisa arque com obras e compra de materiais, por exemplo, para a ala, como contrapartida por prejuízos causados à população.

A procuradora da República Lívia Tinoco, mostrou otimismo na ação. “Trabalhamos juntos nisso. Vamos tentar equipar melhor a unidade, que é um centro de referência para receber vítimas de queimaduras, tanto causadas por acidentes com a rede elétrica, mas também de fogos de artifício e outros tipos. Percebemos que precisa de equipamentos, insumos e climatização para receber melhor os pacientes, que chegam em um grau alto de complexidade. A visita foi interessantíssima, pois pudemos ver as condições de funcionamento. Assim, podemos evitar o ajuizamento de ações”.

A promotora de direitos do Consumidor do MPE, Euza Missano, destacou que a intenção é dar um retorno à sociedade. “O objetivo é que o dano social que vislumbramos seja revertido para a própria população. Essa área inclusive atende funcionários da Energisa e outras pessoas, porque está interligada com o problema que houve. O serviço aqui é bem organizado, mas precisam de uma estrutura melhor e equipamentos especializados. A equipe é qualificada, mas é preciso haver um realinhamento estrutural”.

Energisa diz que têm interesse em colaborar com MPE e MPF (Foto: Portal Infonet)

A Energisa, por sua vez, frisou o interesse em colaborar com a causa. “Em cima do relatório, vamos fazer uma proposta de adequação. Essa seria uma reparação de danos que a gente tenha causado. Queremos fazer isso, é uma ala importante, nossos próprios funcionários utilizam. Ficamos bastante sensibilizados, porque o setor precisa ser melhorado”, disse Willian Barroso, presidente do comitê de segurança da empresa.

Por Victor Siqueira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais