‘Não falta dinheiro para medicação’, diz secretário sobre o Case

0

As recorrentes faltas de medicação no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case), segundo o secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira Lima, não é por falta de recursos. Ele explicou que quando os medicamentos estão em falta, são por problemas de fornecimento das empresas. Valberto comparou Sergipe com o estado de São Paulo e disse que a situação está regularizada. Valberto esteve nesta manhã na inauguração de novos equipamentos na Unidade de Queimados do Huse, e também falou de outros assuntos.

Confira a reportagem:

Comentários