Pacientes reclamam da falta de medicamentos no Case

0
No caso do medicamento Ajax, a SES confirmou que o remédio está em falta e que a previsão dada pela empresa para entrega é no dia 11 de março (Foto: SES)

Alguns pacientes relatam que ao chegar no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case) não conseguem voltar para casa com o medicamento. Um desses usuários é David Mota, que conta que desde dezembro do ano passado não consegue adquirir o remédio Ajax, usado para o controle de ferro no organismo. Além do mais, há relatos de outras pessoas que não conseguiram ter acesso a insulina, medicamento primordial para quem sofre de diabetes.

Segundo David, sempre que vai ao Case volta com uma “desculpa” para casa. “Não dizem nada de concreto. Só que vai chegar semana que vem e quando retorno dizem a mesma coisa”, relata. O rapaz alega que desde dezembro do ano passado vem sendo acometido por essa situação. “O mês de fevereiro vai acabar e nada de uma solução”, lamenta.

Em relação a Insulina, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou, por meio de nota, que recebeu nesta última sexta-feira, 23, um lote da Insulina Glargina, que já foi liberada para os usuários, mas pacientes informaram que a remessa acabou no mesmo dia e não atendeu a demanda. “A empresa fornecedora informou que estará entregando uma nova remessa até a próxima quarta-feira, dia 27, mesmo prazo dado para a entrega da insulina Detemir”, diz a SES. “A Secretaria lembra que está rigorosamente em dia com todos os fornecedores e por isso tem cobrado diariamente a entrega dos medicamentos”, acrescenta.

No caso do medicamento Ajax, a SES confirmou que o remédio está em falta e que a previsão dada pela empresa para entrega é no dia 11 de março.

por João Paulo Schneider  e Raquel Almeida

Comentários