PMA avalia limitar entrada de ônibus vindos de locais mais infectados

0
A reunião foi na sede da PMA (Foto: Portal Infonet)

Em mais uma reunião do Comitê de Operação de Emergência (COE), realizada durante a manhã desta quarta-feira, 18, na sede da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira, anunciou uma atualização das medidas que já vêm sendo tomadas contra a disseminação do novo coronavírus. Uma das novidades anunciadas pelo Comitê foi avaliação da administrarão pública municipal em discutir com o governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD), a possibilidade de restringir a entrada de ônibus vindos de estados onde já há transmissão comunitária da doença, como São Paulo e Rio de Janeiro.

“Queremos evitar o pico de contaminação. Para que não ocorra o sufocamento dos serviços públicos de saúde”. ressalta o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (Foto: Portal Infonet)

“Queremos evitar o pico de contaminação. Para que não ocorra o sufocamento dos serviços públicos de saúde”, ressalta o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. Ainda segundo o prefeito, é preciso cuidar de agora, para bloquear a disseminação da doença. “Se a pessoa puder ficar em casa, eu aconselho. Quanto menos aglomeração, melhor”, afirma Nogueira. Veja abaixo a íntegra das dez medidas tomadas na manhã desta quarta, 18:

Medidas:

1 – Ampliação do MonitorAju com a inclusão de servidores acima de 60 anos da Saúde. (A partir do dia 23);

2 – Serviços online da Prefeitura passarão a ser disponibilizados digitalmente: disponibilização de serviços AJU Inteligente, a partir do (dia 23). Serviços da Smart, Fazenda, Emurb, Emsurb Meio Ambiente, Saúde, Seplog e AjuPrevidência;

3 – Servidores com mais de 60 anos e demais grupos de risco: cada secretaria tratará considerando a garantia da prestação do serviço público considerando como opções home office, rodízios, antecipação de férias.;

4 – Suspensão de férias dos servidores Assistência Social e Defesa Social;

5 – isolamento domiciliar de 7 dias para servidores públicos assintomáticos provenientes de viagens internacionais e nacionais de áreas com transmissão comunitária;

6 – Garantir o cumprimento da portaria 5/2020, dos Ministérios da Justiça e Saúde, para medidas de emergência;

7 – Suspensão de atividades de academias, clubes, boates, casas de show e congêneres por 15 dias;

8 – Bancos, shoppings e demais estabelecimentos privados com atendimento ao público devem adotar medidas para garantir o distanciamento social e higienização;

9 – Readequação das feiras livres para cumprimento das regras de distanciamento social e higienização a partir do dia 23;

10 – Discutir com o governador a tomada de medidas restritivas para entradas de ônibus de estados onde já há transmissão comunitária.

Caso da doença na capital

Após a reunião do Comitê, também foi informado que o número de casos no novo coronavírus em Aracaju permanece o mesmo: 5 casos confirmados da doença. Mais 7 casos sob suspeita, aguardando o resultado de exames. E mais 14 casos descartados.

por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos

Comentários