PMA denunciará ao MPE fake news relacionado ao coronavírus

0

A Prefeitura de Aracaju está tentando identificar pessoas responsáveis por disseminação de informações falsas [fake news] sobre o coronavírus. Conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), há informações inverídicas compartilhadas em redes sociais relatando a suposta confirmação do primeiro caso de coronavírus em Sergipe.

Conforme a SMS, a informação é falsa e os responsáveis pelo compartilhamento e disseminação dessas fake news serão denunciados ao Ministério Público Estadual e responderão a processo judicial por crime.

De acordo com a SMS, um motorista de aplicativo que chegou ao Hospital Fernando Franco [Zona Sul], em Aracaju, relatou que fez o transporte de uma passageira procedente da Itália no dia 2 de fevereiro, quando o Brasil ainda não estava incluído na zona de risco. Erroneamente, as pessoas passaram a associar essa passageira a uma outra mulher, que apresentou sintomas semelhantes, também procedente da Itália que continua sendo monitorada pelos órgãos públicos da área de saúde em Sergipe.

Conforme a nota da SMS, esta mulher que está sendo monitorada pelos órgãos públicos por apresentar sintomas suspeitos só desembarcou no Brasil no dia 19 de fevereiro, portanto 17 dias após o transporte que o motorista fez da referida cliente. Conforme a SMS, a paciente que chegou ao Brasil no dia 19 de fevereiro continua em isolamento domiciliar, mas não há confirmação do coronavírus.

O Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) já enviou as amostras para análise na Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Estado do Rio de Janeiro, que é referência para o diagnóstico laboratorial do novo coronavírus no Brasil.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a equipe do Lacen colheu as amostras da mulher que desembarcou no dia 19 de fevereiro e os resultados foram negativos em todas as análises relativas aos vírus influenza A e B, metapneumovírus, vírus sincicial respiratório, além do influenza 1, 2 e 3.

Sem casos confirmados

A situação está controlada quanto à presença do coronavírus em Sergipe, conforme informações da assessoria de imprensa da SES. Oito pessoas, e os respectivos familiares, que chegaram recentemente da China, passaram por monitoramento da SES, permaneceram a quarentena, por um período de 14 dias [conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde – OMS], em isolamento domiciliar e todos já foram liberados, afastada completamente a possibilidade de infecção por coronavírus.

Cuidados

Conheça as recomendações do Ministério da Saúde como medidas de prevenção ao coronavírus:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas

– Evitar contato próximo com pessoas doentes

– Ficar em casa quando estiver doente

– Usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso

– Não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

Outros cuidados importantes são manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

O Ministério da Saúde explica que não há nenhum medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus.

A Vigilância Epidemiológica do Município de Aracaju disponibilizou telefones para que as pessoas possam tirar dúvidas e contribuir com o combate a fake news:

(79) 3711 – 5062

(79) 3711 – 5048

(79) 98197 – 5020

 

por Cassia Santana, com informações da Agência Brasil

 

 

Comentários