PMA finaliza vacinação de profissionais das UBS de síndrome gripal

0
(Foto: SMS)

Nesta sexta-feira (22), a Prefeitura de Aracaju finalizou a vacinação de todos os profissionais de saúde que atuam na linha de frente nas Unidades Básicas de Saúde exclusivas para síndrome gripal (Geraldo Magela, Onésimo Pinto, Ministro Costa e José Machado).

 Cumprindo o Plano Municipal de Vacinação contra a covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde já vacinou 3.273 aracajuanos com a primeira dose da vacina, entre trabalhadores da área da saúde e idosos institucionalizados, público alvo e prioritário da primeira etapa da campanha. 

 As quatro UBS exclusivas para síndrome gripal funcionam de domingo a domingo, das 7h às 19 horas. Entre os serviços ofertados, está a realização de exame RT-PCR para diagnóstico da covid-19. No total, foram imunizados 242 profissionais que atuam nas unidades Geraldo Magela, Onésimo pinto, Ministro Costa e José Machado. No período da manhã, as equipes de vacinação estiveram, além das UBS exclusivas de síndrome gripal, nos hospitais da Polícia Militar, Fernando Franco, Nestor Piva e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes. 

 O saldo parcial reafirma a preparação feita pelo Município, que, antes mesmo da previsão de chegada da vacina, já havia montado uma logística, bem como capacitado suas equipes, tanto para a recepção e armazenado do imunizante, como também para a aplicação da CoronaVac, respeitando o grupo prioritário atendido na primeira fase. 

 Vacinadores

Neste sábado, 23, será realizada a vacinação dos vacinadores (enfermeiro, técnico de enfermagem e auxiliar de enfermagem) que estão trabalhando na campanha de vacinação contra a covid-19. A ação ocorre das 9h às 15 horas, na sede da Secretaria Municipal de Saúde.

 Dados

Já foram vacinados 3.066 trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do tratamento para covid-19, 136 idosos institucionalizados e 71 cuidadores.

 A previsão é de que até 15 dias cerca de 11 mil aracajuanos recebam a primeira dose da vacina. “O Plano é de que entre 21 e 28 dias após a aplicação da primeira dose, as mesmas pessoas recebam a segunda dose da vacina. Daqui pra frente, esperamos ampliar a vacinação para além dos grupos de risco, na busca da imunidade coletiva que tanto desejamos”, reforça a secretária de Saúde, Waneska Barboza.

 

Fonte: AAN 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais