Postos de Saúde de Sergipe continuam sem doses da vacina pentavalente

0
As doses da vacina pentavalente estão em falta nos postos de saúde da capital (Foto: SMS)

Os postos de saúde de Sergipe estão sem doses da vacina pentavalente que garante aos bebês proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meninge e na garganta. A pentavalente é aplicada nas crianças aos dois, quatro e seis meses de idade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no mês de dezembro a Secretaria de Estado da Saúde (SES) repassou 1.321 mil doses da vacina, mas o estoque já esgotou, e os postos  de Aracaju estão sem fazer a imunização dos bebês, até que novas doses da vacina sejam enviadas.

A SES informa que assim como nos outros Estados, Sergipe ainda não foi abastecido com o lote da vacina pentavalente. Mas, o Ministério da Saúde (MS), responsável pelo repasse, sinalizou que adquiriu imunobiológicos suficientes para regularizar a situação até o final do mês de janeiro. A SES informa ainda que está em contato permanente com o órgão federal e a espera do recebimento de novas doses da vacina o quanto antes.

Entenda

O Brasil, através do Ministério da Saúde, compra a vacina do Fundo Estratégico da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) por não existir laboratório produtor no país, mas o abastecimento está parcialmente suspenso desde julho porque os lotes foram reprovados no teste de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Por Karla Pinheiro

Comentários