Profissionais da saúde cobram EPIs e melhores salários

0
Profissionais cobram EPIs (Foto: Grupo WhatsApp Pé Embaixo Notícias)

Alguns profissionais da saúde de Aracaju realizaram um ato na manhã desta segunda-feira, 11, em frente a Unidade de Pronto tendimento Fernando Franco, localizado no conjunto Augusto Franco.

Com faixas em mãos e máscaras, os trabalhadores cobraram melhores condições de trabalho, como melhorias salariais, além de denunciar a falta de Equipamento de proteção individual (EPIs).

SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) negou que exista falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) no Hospital de Pequeno Porte Desembargador Fernando Franco, e que vem tomando todas as providências de maneira a garantir o fornecimento dos equipamentos a todos os profissionais de saúde. A SMS complementa que para que os profissionais façam uso consciente dos equipamentos, bem como não corram o risco de desabastecimento, além de garantir a aquisição antecipada por parte dos fornecedores, a gestão lançou a estratégia de fornecer kits (que estão de acordo com as exigências da Anvisa e do Ministério da Saúde, inclusive com aprovação dos representantes dos conselhos de classe de Sergipe) para cada profissional, conforme escala de trabalho.

A SMS destaca que em nenhum momento essa racionalização objetiva impedir o uso do EPI, mas sim o uso consciente para que não ocorra um desequilíbrio no estoque e consequentemente a falta do equipamento. “E para ter uma maior dimensão do fornecimento nas unidades, a gestão ainda fornece para os profissionais um canal de comunicação interno onde, na falta do equipamento, o profissional poderá informar junto ao Almoxarifado da SMS a ausência do EPI na referida unidade”, diz a nota.

Sobre os testes, a Saúde informa que segue todos os parâmetros predeterminados pelo Ministério da Saúde, que estabelece critérios para a realização de testes em potenciais infectados com a Covid-19.

por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais