Programa IST/Aids faz 280 testes na primeira noite do Arraiá do Povo

0
Almir Santana (Foto: Valter Sobrinho)

Em comemoração aos festejos juninos, a noite da quinta-feira, 20, foi marcada pelo primeiro dia do Arraiá do Povo, festa tradicional realizada pelo Governo do Estado, que ocorre na Orla da Atalaia até o dia 30 deste mês e contará com bastante alegria, diversão, alerta e prevenção. Na primeira noite a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do programa IST/Aids, intensificou as ações realizando testes rápidos, distribuindo preservativos, gel lubrificante e folhetos informativos.

Na primeira noite, foram atendidas 70 pessoas, nelas realizados quatro testes, totalizando 280 testes. Destes, dois reagentes para sífilis, nenhum para HIV e Hepatite B e C. Durante todos os dias da festa, a barraca da prevenção estará presente realizando a distribuição de preservativos, já nos  dias  21, 27 e 28, a unidade móvel também estará no local realizando testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

O gerente do programa IST/Aids, Almir Santana, destaca a importância das atividades de prevenção disponibilizadas pela SES na festa junina. “É fundamental participar de uma festa como essa, disponibilizando preservativos e também é importante o bate-papo com as pessoas, apesar de ser um ambiente festivo, muita gente se interessa em obter informações, não só sobre os testes rápidos, mas também perguntas sobre os sinais e sintomas das IST’s. A festa junina é mais familiar, essa é uma chance que temos de abordar essas pessoas”, enfatiza Almir Santana.

A presença da barraca da prevenção distribuindo preservativos e a unidade móvel realizando testes rápidos, chamam a atenção das pessoas que vão curtir a festa. O engenheiro Ricardo Tavares saiu de Salvador e está curtindo os festejos em Aracaju, realizou os testes rápidos e ressaltou a importância da barraca e da unidade móvel na festa.

“Vim presenciar a festa, observei a presença das unidades disponibilizando testes rápidos e resolvi fazer como uma ação de prevenção. Achei importante a presença das unidades e para muitos servem como uma oportunidade. Eu sempre faço exames com frequência para cuidar da minha saúde, mas não tenho o hábito de fazer os testes de IST’s, hoje tive essa oportunidade”, disse Ricardo Tavares.

Além da realização de testes e distribuição de preservativos, a contribuição do programa IST/Aids é visto como uma oportunidade de enfatizar a prevenção e alerta para os cuidados que devem ser tomados. “Achei super importante, uma festa com muita gente, as pessoas bebem e costumam se envolver, quando a festa acaba surgem as consequências: filhos e doenças. A distribuição de preservativos, folhetos informativos, testes rápidos e a presença de um profissional é muito bacana, esse conjunto são incentivos para prevenção”, ressalta a enfermeira Márcia Carvalho.

Fonte: ASN

Comentários