Samu faz blitz educativa para reduzir acidentes no Carnaval

0
A blitz é mais uma ação do Projeto Amigo do Samu (Foto: Valter Sobrinho/Ascom SES)

Dirigir alcoolizado, falar ao celular enquanto está ao volante e não usar o cinto de segurança são atitudes perigosas em qualquer época do ano. Entretanto, em períodos festivos como o Carnaval, quando o consumo de bebida alcoólica aumenta bastante e o trânsito de veículos é mais intenso, esse perigo é ampliado.

Para conscientizar a população sobre esta realidade, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), realizou no início da manhã desta quarta-feira, 19, blitz educativa na Avenida Tancredo Neves, no trecho do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

A blitz é mais uma ação do Projeto Amigo do Samu, que se desdobra em várias edições e temáticas durante o ano inteiro, sempre com o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito nas estradas sergipanas, segundo informou o gerente do Núcleo de Educação Permanente do Serviço, Ronei Barbosa. “Desta vez estamos trabalhando os temas ‘se beber não dirija, use o cinto de segurança e não fale no celular ao volante’, porque precisamos mobilizar a população para que ela entenda os excessos que acontecem nestas épocas de festa, os perigos que representam e adotem as medidas de prevenção”, disse.

Os condutores de veículos foram muito receptivos à campanha, ouvindo as orientações dos profissionais e permitindo que seus veículos recebessem os adesivos do Samu com mensagens de prevenção de acidentes, como destacou o gerente, informando que a blitz mobilizou 100 trabalhadores, entre profissionais do Samu, agentes de trânsito da parceira Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), acadêmicos de Medicina e Enfermagem, bem como voluntários.

“Nosso objetivo é o de abordar o maior número de condutores possível”, informou Ronei Barbosa, acrescentando que em campanhas como esta  adesivam entre 500 a mil veículos.  Um destes foi o do motorista Samuel Silva, para quem a blitz é valiosa enquanto meio de orientação e informação. “Nosso trânsito é intenso e por isso precisamos ter a consciência de dirigir com prudência e responsabilidade e a campanha nos lembra esses deveres”, disse.

Amilton Nunes dos Santos pensa igual e apoia iniciativas como a blitz. Há 35 anos motorista da Prefeitura de Pedro Alexandre na Bahia, solicitou adesivo para o seu carro particular. “Acho importantíssimas essas campanhas porque tem muita gente que não respeita as leis de transito e falar sobre a prevenção de acidentes antes do Carnaval é uma maneira de chamar todos os motoristas à responsabilidade”, declarou.

Presente na blitz, a supervisora de Trânsito da SMTT, Heloísa de Rezende Alves, atestou que as parcerias com o Samu visam sempre a redução de acidentes. “As pessoas se empolgam muito com as festas e esquecem que precisam voltar para casa em segurança. Daí a importância desse trabalho de conscientização”, considerou.

Fonte: Ascom SES

Comentários