São Miguel do Aleixo terá barreiras sanitárias no acesso da cidade

0
Barreira Sanitária será montada na entrada do município (Foto: Reprodução/Prefeitura de São Miguel do Aleixo)

Com dois casos confirmados da Covid-19, o município de São Miguel do Aleixo, no Agreste Central Sergipano, limítrofe com a região do Alto Sertão, terá barreiras sanitárias nos dois acessos da cidade a partir da próxima segunda-feira, 25. De acordo com a secretaria municipal de Saúde, Marilia Garcia, a medida pretende monitorar os sintomas das pessoas que entram no município e diminuir a possibilidade de contágio do vírus da Covid-19.

“Aqui no município é comum a passagem de vendedores ambulantes de outros municípios, com uma série de produtos. Há também a circulação natural por causa da feira, que acontece aos domingos. Nós queremos evitar que pessoas com sintomas entrem na cidade”, explica a secretaria. Entre os municípios vizinhos, o que mais preocupa, segundo Marília, é o de Nossa Senhora da Glória. “Lá tem mais casos da doença e é um município onde está o Hospital Regional que serve de referência para nossa cidade. Então a gente se preocupa com esse vai e vem da população”, acrescente.

As barreiras sanitárias serão realizadas por agentes de saúde, técnicos de enfermagem e apoio de policiais militares. Segundo a secretaria, os visitantes que apresentarem sintomas característicos de síndromes gripais, como coriza, tosse e febre, serão impedidos de entrar no município. Caso a situação envolve um morador de São Miguel do Aleixo, ele será encaminhado a clínica do município, onde haverá um profissional para acolhimento.

Os dois moradores da cidade que testaram positivo para a doença seguem sendo monitorados diariamente pelos profissionais de saúde do município. Segundo a secretária, eles seguem apenas com sintomas leves e cumprem o isolamento domiciliar.

Outras medidas

Além das barreiras sanitárias, o município planeja aplicar modificações na feiras livres do município, aos domingos. Segundo Marilia, a estratégia está sendo montada. Ela acrescente que os estabelecimentos abertos estão passando por fiscalização intensiva da Vigilância Sanitária e o uso de máscara está sendo obrigatório em todo o município.

Por Ícaro Novaes

Comentários