SES confirma morte de criança de seis anos por dengue hemorrágica

0
A criança chegou ao hospital no dia 15 de fevereiro em estado grave (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou que uma criança de seis anos, que deu entrada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) no último dia 15 de fevereiro, morreu vítima de dengue hemorrágica. Segundo a Coordenadora de Vigilância Epistemológica da SES, Mércia Feitosa, a sorologia foi um dos exames importantes para a conclusão do diagnóstico.

De acordo com as informações de Mércia, a criança já chegou ao hospital com um quadro clínico grave, apresentando febre alta e sangramentos. “A criança chegou ao hospital no dia 15 de fevereiro e acabou vindo a óbito três dias depois, no dia 18”, informa.

Mércia explica que a certidão de óbito da criança apontou hepatite aguda como causa da morte porque refletiu o quadro da criança naquele momento. “Os sintomas de uma hepatite aguda e súbita são bem parecidos com o da dengue grave, que nós chamamos de dengue hemorrágica”, pontua. “Por termos também essa suspeita de dengue hemorrágica, fizemos exames mais aprofundados para atestar de maneira concreta e sem dúvidas a causa exata da morte”, reitera.

A profissional conta que os exames sorológicos ficaram prontos nessa última terça-feira, 26. “Nós pedimos o IgC e o IgM. Eles servem para detectar o estágio de diversas doenças, entre elas, a dengue grave”, diz.  “Esse foi um dos exames primordiais para que pudéssemos atestar que a criança foi vítima de dengue grave, chamada de hemorrágica”, acrescenta.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários