Zika, dengue e chikungunya: cuidados para evitar o contágio

0
A melhor maneira de evitar uma doença transmitida por mosquitos é prevenir a picada do mosquito, tanto de forma coletiva, através do combate aos vetores e de forma individual. (Foto: Ascom/Ferreira Costa)

Nessa época do ano, um grande inimigo da saúde pública tem visitado silenciosamente lares e comércios, o mosquito aedes aegypti. Extremamente urbano, o mosquito deposita as larvas em ambientes domiciliares e em terrenos, causando as arboviroses, que são doenças causadas pelos arbovírus, que incluem os vírus da dengue, zika e chikungunya.

O último boletim epidemiológico informou que foram notificados 82,4 mil casos prováveis de chikungunya, com taxa de incidência de 39,2 casos/100 mil habitantes no país. As regiões nordeste e sudeste apresentaram as maiores taxas de incidência. Em relação aos casos de zika, o boletim traz os dados comparado aos do ano passado, com mais de 7,3 mil casos prováveis no país e taxa de incidência de 3,5 casos/100 mil habitantes. A região nordeste teve a maior taxa de incidência.

A melhor maneira de evitar uma doença transmitida por mosquitos é prevenir a picada do mosquito, tanto de forma coletiva, através do combate aos vetores e de forma individual, através do uso de repelentes e medidas de barreira.

Para combater e manter os cuidados necessários, existem diversos produtos nas lojas físicas ou no www.ferreiracosta.com que podem ajudar a prevenir o contágio. Eles vão do Multi-insenticida, repelentes eletrônicos, velas, raquetes elétricas, pulverizadores e lâmpada Led Anti-Inseto, que proporcionam ambiente livres de insetos.

Outras práticas também indicadas por especialistas são o de evitar depósitos com águas paradas ou a vedação desses depósitos, como caixas d’água, desobstrução das calhas, vistoria por recipientes de água da chuva nos quintais, como garrafas, latas pneus, limpar sempre as bandejas de ar-condicionado, entre outras. E nas lojas físicas ou no www.ferreiracosta.com você encontra caixas d’água com travas, lonas para cobrir piscinas, pneus e materiais de construção, Contentor plástico empilhável para guardar garrafas, grelha com trava, telas de proteção, vasos e areias e muitos outros produtos para evitar a proliferação.

O Home Center também indica a lavagem com água, sabão e bucha de tanques, tambores, potes e cisternas, para remover os ovos dos mosquitos. Fazer a manutenção das piscinas e das caixas d’água também é importante para impedir a proliferação. E nas lojas físicas ou no www.ferreiracosta.com, poderá encontrar cloro específico, tanto os da piscina quanto das caixas d’água. Sem esquecer da vedação dos lixos descartáveis, dando o destino adequado para a coleta pública.

Fonte: Ascom/Ferreira Costa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais