Homens roubam casa comercial e um suspeito invade escola pública

0
Preso homem que tentou se esconder dentro de escola (foto:  Grupo de Whats App JP e Ana)

Dois homens assaltaram um estabelecimento comercial no conjunto Eduardo Gomes, no município de São Cristóvão, e, na fuga, um deles invadiu uma escola pública, onde tentou se esconder. Perseguido por um popular, um dos suspeitos foi contido e preso pela equipe da Polícia Militar de Sergipe, conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Houve muita confusão e disseminação de informações controversas postadas em redes sociais, indicando que o assalto teria sido cometido contra a escola pública Glorita Portugal e que teria ocorrido troca de tiros na região. Mas a SSP nega a ocorrência de tiroteio e esclarece que o alvo do assalto foi um estabelecimento comercial da localidade.

A comunidade transmitiu informações para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e os policiais militares foram acionados por volta das 11h15 desta segunda-feira, 23. Conforme a SSP, um homem reagiu ao assalto, se armou com um facão e perseguiu os ladrões. Um deles entrou na escola e acabou detido.

O suspeito foi encaminhado para a 6ª Delegacia de Polícia Civil, que já deu início ao procedimento de prisão em flagrante. A autoridade policial deve informar o flagrante ao Poder Judiciário e o suspeito participará de audiência de custódia, ficando o juiz responsável por decidir se ele permanecerá preso ou será contemplado com o direito de responder ao processo judicial em liberdade.

Policiais militares continuam em diligências tentando localizar o comparsa do suspeito detido, mas até o momento não conseguiu êxito.

Reforço da segurança

A Secretaria de Estado da Educação reforçará a segurança da escola, segundo informações da assessoria de imprensa. Conforme nota enviada à redação, a escola possui quadro completo de vigilantes e é uma das unidades escolares que recebe a ronda da Polícia Militar e monitoramento do Núcleo de Segurança Escolar.

Conforme a Secretaria da Educação, a escola foi invadida pelo suspeito quando os alunos estavam saindo, já no final das aulas do turno da manhã. “Os vigilantes alegaram que a ação foi muito rápida”, diz a nota enviada pela assessoria.

por Cassia Santana, com informações da Ascom da SSP

A matéria foi alterada às 15h14 para acréscimo de informações
Comentários