Itabaianinha adota barreiras sanitárias e Disk Covid-19

0

Com o crescente aumento do número de casos da Covid-19 em Sergipe e no Brasil, o município de Itabaianinha também adotou barreiras sanitárias como uma das medidas de enfrentamento da doença.  O serviço denominado de ‘Operação Fronteiras’ tem o objetivo de abordar os veículos com destino a cidade, orientar condutores e passageiros, bem como, coletar dados para monitoramento de pessoas que vem de outras localidades que possam estar com o Covid-19.

As barreiras sanitárias  contam com as equipes da Saúde, Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Guarda Municipal e Administração.  “As pessoas identificadas com sintomas gripais são catalogadas e visitadas pelas equipes de saúde. A paciente é acompanhada, e dependendo do seu quadro ela poderá ser isolada dos demais e fará exames”, informa o superintendente da SMTT, Antônio Menezes.

O superintendente acrescenta que a Operação prioriza veículos de carga e de passageiros, a exemplo de táxis e coletivos. Além dos condutores, os passageiros também são orientados sobre procedimentos de segurança, como higienização pessoal, proteção individual e espaçamento.

Outras medidas

Além da barreira sanitária, o prefeito Danilo Carvalho também suspendeu a feira livre da cidade, e centralizou o abastecimento de gêneros alimentícios nos Mercados Municipais, que são abertos das terças às sextas-feiras. Com isso, ele pretende ter maior controle e reduzir consideravelmente o índice de aglomerações populares.

Lavagem e desinfecção são feitas em locais públicos de maior circulação na cidade (fotos: Prefeitura de Itabaianinha)

O Comitê de Operação Emergencial iniciou também as atividades de limpeza (lavagem) de vias e logradouros públicos, bem como a desinfecção em locais de maior número de aglomerações de pessoas. O prefeito ressalta que a lavagem e desinfecção segue os critérios técnicos determinados pela Anvisa.

Foi implementado também no município uma central telefônica para receber denúncias e orientar a população. A Central Disk Covid-19, de responsabilidade da SMTT, recebe a demanda e direciona aos demais órgãos otimizando a resolutividade: Polícia Militar, Guarda Municipal, SMTT, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal De Saúde e demais Secretarias do Município.

Barreiras Sanitárias

As barreiras sanitárias recomendadas pelo Ministério Público de Sergipe também já foram adotadas pelos municípios de Nossa Senhora da Glória e Cedro de São João.

por Raquel Almeida

Comentários