MPT, MPF E MP-SE fazem campanha para estimular isolamento social

0

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE), Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público de Sergipe (MP-SE), lançam campanha, nesta quinta-feira (17), para reforçar a importância de manter o isolamento social, barrar a disseminação do Covid-19 e evitar mais mortes. O objetivo dos MPs é sensibilizar a sociedade para o cumprimento do isolamento social; fazer com que as pessoas resistentes ainda à medida e que podem ficar em casa, entendam que ficar em casa é um gesto de amor ao próximo que pode salvar muitas vidas.

Para chamar a atenção da sociedade foi utilizada a mensagem: “Está preparado para perder alguém que você ama? Um parente, um amigo, um colega de trabalho? Quando você não respeita o isolamento social, coloca em risco a sua a vida e a de outras pessoas. Sua atitude pode salvar vidas! Se puder, fique em casa!”. A campanha consiste em um vídeo (para TVs e redes sociais) e foi replicada nas redes sociais do MPT no Brasil inteiro.

Isolamento social

Sergipe apresenta índices de isolamento social cada vez mais baixos, tendo alcançado a 3ª pior posição do país em 5 de junho (32,2%), e a 2º pior posição do país em 07 de junho (44,25%), no Mapa Brasileiro da Covid-191, desenvolvido pela Inloco. Diferente dos índices de isolamento social que estão caindo, os números de contaminados e de mortes só aumentam, até ontem foram registrados em Sergipe 16.310 casos confirmados de coronavírus e 364 óbitos. Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Sergipe aponta que o índice mínimo de isolamento necessário, no momento, para desacelerar o avanço da doença e vislumbrar o declínio da curva epidêmica é de 52,3%.

Atuação dos Ministérios Públicos

Durante a pandemia do coronavírus, os Ministérios Públicos reforçaram a parceria para somar esforços e estão atuando em conjunto para garantir os direitos de cidadãos e trabalhadores à saúde e à vida, bem como para assegurar a estrutura dos serviços de saúde. Diversas recomendações já foram expedidas, reuniões realizadas, destinações para aquisição de insumos e ajuizamento de ações. Mas a sociedade também precisa fazer a parte dela e a principal forma é o isolamento social.

Fonte: Ascom MPF

 

Comentários