Prefeito Edvaldo exonera Jorge Araújo Filho da Segov

0
Jorge Araújo atende o prazo de descompatibilização para concorrer nas próximas eleições (foto: Ana Lícia Menezes/AAN)

O prefeito Edvaldo Nogueira exonerou, nesta terça-feira, 2, Jorge Araújo Filho da titularidade da Secretaria Municipal de Governo. O desligamento atende a um pedido do PSD, partido ao qual o secretário é filiado, em decorrência do prazo de desincompatibilização eleitoral.

Jorge Araújo Filho integrou a gestão municipal desde janeiro de 2017, tendo respondido pela Secretaria da Juventude e do Esporte e pela Fundação Municipal de Formação para o Trabalho, além da Segov.

“Agradeço a Jorginho Araújo pelo grande trabalho que desenvolveu na nossa gestão. Com sua juventude e capacidade, ele deu uma importante contribuição à cidade. Dirigiu com muita competência a Secretaria do Esporte e a Fundat. E na Secretaria de Governo, demonstrou grande talento para a articulação política, no acompanhamento do andamento dos projetos de lei na Câmara e na boa relação com os vereadores”, afirmou o prefeito.

Para Jorge Araújo Filho, o sentimento, após três anos e cinco meses na gestão municipal, é de “dever cumprido”. “Faço questão de agradecer a Deus, ao prefeito Edvaldo Nogueira, como também ao PSD, na pessoa do amigo de sempre Fábio Mitidieri, pela oportunidade de ter participado da gestão municipal. Estar na gestão pública é também ter a possibilidade real de poder fazer mais por quem mais precisa e creio que consegui de alguma forma realizar, sempre com muito zelo à coisa pública”, declarou.

Jorginho Araújo afirmou que o período em que esteve na gestão foi de “intensa dedicação, lealdade ao projeto e trabalho duro para ajudar a gestão do prefeito Edvaldo, esse exímio gestor, criterioso, ético e responsável, de quem levarei inúmeros ensinamentos”. Ele agradeceu a todos os colaboradores da Prefeitura com quem trabalhou, ressaltou a “parceria e boa convivência com o conjunto dos secretários” e se disse grato aos vereadores de Aracaju, pela “relação cordial e harmônica”.

 

Fonte: AAN

 

 

Comentários