PSC anuncia novos filiados de olho nas eleições do ano que vem

0
O ato de filiação no qual apresentou quase 60 novos nomes que passaram a integrar a legenda (Foto: Portal Infonet)

De olho nas eleições municipais do ano que vem, o Partido Social Cristão (PSC) promoveu na manhã desta sexta-feira, 05, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), um ato de filiação no qual apresentou quase 60 novos nomes que passaram a integrar a legenda. Segundo presidente do diretório estadual do partido, André Moura, essa ação já se trata de um planejamento estratégico no qual o partido busca em 2020 uma fatia maior do número de prefeitos e vereadores.

André Moura ( no centro) ao lado de correlegionários (Foto: Portal Infonet)

André Moura destaca que o partido está em constante ascendência e esse resultado, segundo ele, é fruto da atuação dos filiados no interior do estado. “A chegada do Clóvis Silveira, grande articulador político do Estado de Sergipe, para comandar o diretório do PSC em Aracaju, fortalece o partido para esse projeto de 2020”, avalia.

Moura também acredita que com esse planejamento antecipado ele poderá orientar os demais líderes e filiados a como conduzir todo o processo eleitoral no ano que vem. “Nós somos hoje o maior partido, no quesito número de prefeitos, do interior do estado”, destaca. Com esse panorama, Moura acredita que em 2020 a legenda pode crescer ainda mais. “A ideia é que haja uma grande ampliação do partido no ano que vem”, diz.

O prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Beltrão (PSC), projeta que nas eleições municipais de 2020 haverá grandes modificações no rito eleitoral. “A gente sabe que em 2020 haverá uma eleição atípica. Será uma eleição onde vai ter várias modificações nessas questões de legenda, de número de partido, e de quociente eleitoral, por exemplo”, pontua. Mesmo nesse cenário de mudanças, Beltrão tem confiança no apoio que os correligionários terão do partido. “O partido dará a orientação necessária para conseguirmos um número maior de prefeitos e vereadores”, destaca.

por João Paulo Schneider 

Comentários