A pá de cal de Valadares

0

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) colocou uma pá de cal na boataria dando conta que em 2010 ele poderá disputar o governo de Sergipe numa chapa em que João Alves Filho (DEM) e Almeida Lima (PMDB) concorreriam às duas vagas para o Senado. Em entrevista ao editor do Jornal da Cidade, Marcos Cardoso, Valadares disse que não tem qualquer pretensão de ser candidato a governador. “Portanto, nessa aventura não vou entrar”. O senador prosseguiu afirmando que o seu candidato a governador “é público e notório, é Marcelo Déda (PT)”. O boato, como se vê, não tem como se sustentar, pois Valadares precisaria ser louco de pedra para trocar o mais ou menos certo pelo duvidoso. E bota duvidoso nisso.

 

Reunião de presidentes

 

Os presidentes e vices das Câmaras de Vereadores sergipanas se reúnem logo mais às 8 horas, em Aracaju. O encontro, que acontece no Hotel Del Mar, visa promover o intercâmbio entre os parlamentares municipais. Segundo o anfitrião e presidente do Legislativo aracajuano, Emanoel Nascimento, durante a reunião será discutida a Proposta de Emenda à Constituição que prevê a redução de recursos para as Câmaras municipais.

 

Defeso pago

Pescadores artesanais já podem solicitar o seguro-desemprego durante o período de defeso. O calendário com as datas do defeso está desponível no site do Ministério do Trabalho e Emprego. Enquanto a atividade de pesca estiver suspensa, os pescadores podem receber o seguro defeso no valor de um salário mínimo. O dinheiro do seguro pode ser retirado nas agências da Caixa Econômica Federal e em Casas Lotéricas. Em 2008, o benefício alcançou 10.615 pescadores sergipanos.

Combate à dengue

 

O governador Marcelo Deda (PT) vai acompanhar o início dos trabalhos da brigada estadual de combate à dengue em Aracaju. A ação, realizada em parceria com a Prefeitura de Aracaju, acontecerá logo mais às 8 horas, com uma concentração dos agentes de saúde nas imediações da Igreja dos Capuchinhos, no bairro América. A atuação da brigada de combate à dengue na capital se estenderá até sexta-feira próxima. Os 600 agentes do Estado e da Prefeitura vão inspecionar mais de 45 mil imóveis nos bairros América, Novo Paraíso, Siqueira Campos, Pereira Lobo, Cirurgia, São José, Palestina, 18 do Forte e Suissa.

 

Um otimista

 

O novo presidente do Fórum Empresarial de Sergipe, Geraldo Barreto, é um otimista. Ele acredita que, apesar da crise financeira, será possível superar as dificuldades e terminar o ano com resultados positivos. E por que ele pensa assim? “Porque a economia sergipana é enxuta e bem estruturada. Além disso, os governos estadual e municipal demonstram, a todo instante, a disposição de apoiar o setor produtivo para evitar problemas maiores”, explica Geraldo.

 

De olho no Nordeste

 

O quarto homem mais rico do mundo, segundo a revista americana Forbes, quer fechar negócios no Nordeste Invest 2009, que será realizado em Maceió, de 30 de março a 2 de abril. O empresário indiano Lakshmi Niwas Mittal está enviando representantes de uma de suas empresas de investimentos para o evento. A LK Advisers Limited pretende abrir um fundo de investimentos no Brasil voltado para infra-estrutura e mercado imobiliário. O objetivo do grupo é fechar parcerias com empresas do mercado imobiliário, turístico-imobiliário e redes hoteleiras.

 

Prazo maior

 

O governo estuda conceder a famílias com renda até cinco mínimos (R$ 2.325) um prazo de 24 a 36 meses no qual elas poderão deixar de pagar financiamentos habitacionais sem ser consideradas inadimplentes. Essas parcelas só seriam cobradas no final do contrato. A informação é do jornal Folha de São Paulo. Para as famílias com renda superior a esse valor, a sugestão é aplicar um prazo de carência menor, em torno de 12 meses, e limitar o beneficio aos cinco primeiros anos do contrato. O Objetivo das medidas em estudo é tentar estimular o setor imobiliário e contornar os efeitos da crise.

 

Empréstimo indefinido

 

A empresa Estrela ainda não definiu como financiará cerca de R$ 20 milhões para construir uma unidade de brinquedos no povoado Serra do Machado, em Ribeirópolis. Seu presidente, Carlos Tilkian, acredita que contará com apoio do Banco do Nordeste ou do Banese para tocar o empreendimento que deverá começar a operar em sua primeira fase até o início do 2º semestre deste ano. Segundo Tilkian, a nova unidade foi projetada para aumentar a competitividade da Estrela e atender aos consumidores do Norte e Nordeste.

 

Leão abre a mão

 

A Receita Federal do Brasil abre nesta segunda-feira a consulta, no site http://www.receita.fazenda.gov.br, ao segundo lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física-2008, ano-calendário de 2007. O dinheiro estará disponível para saque na rede bancária a partir de 16 de fevereiro e terá correção de 10,40%, calculada pela taxa de juros selic. Caso não acuse o recebimento em sua conta corrente, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou de poupança em seu nome.

 

Mais desemprego

 

A crise econômica internacional começou a causar impacto na oferta de emprego em diversos ramos de atividade no Brasil. Na avaliação de economistas, a freada no crescimento será mais sentida nos próximos meses. Agricultura, indústria e serviços, que já percebem os efeitos globais da desaceleração e terão motivos diferentes para continuar demitindo. As razões para os desligamentos guardam relação com a queda das exportações, a diminuição de demanda e do preço de produtos primários, como carne e commodities, no mercado internacional.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários