Abraço de afogados

0

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) contrariou muita gente ao se mudar de mala e cuia para o palanque do presidenciável Aécio Neves (PSDB), juntando-se a adversários como o senador Eduardo Amorim (PSC) e o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). Talvez para convencer os novos aliados, Valadares tem dito cobras e lagartos dos simpatizantes de Dilma Rousseff (PT), comportamento que pode inviabilizar uma reconciliação futura. Para alguns, o líder do PSB foi afoito ao apostar na vitória de Aécio, talvez com base nas primeiras pesquisas colocando o tucano na dianteira da disputa. Em sendo isso verdade, o senador demonstra que pode fazer qualquer coisa para não ser alijado do poder, o que ocorrerá se o candidato do PSDB for derrotado no próximo domingo. Em isso acontecendo, Valadares dará com os burros n’água, e a sua união com os ex-adversários Amorim e João Alves se assemelhará ao desesperado abraço de afogados.

Força federal

Até agora, o Tribunal Regional Eleitoral só aprovou o envio de força federal para Poço Verde. Ontem, o Pleno do TJ indeferiu a requisição de homens do Exército e da Polícia Federal para Boquim, Pedrinhas, Arauá e Riachão do Dantas. No entendimento dos magistrados, a presença da Polícia Militar será suficiente para manter o clima de tranquilidade naqueles municípios sergipanos. Então, tá!

BNB na AL

Linhas de crédito voltadas para os pequenos e médios produtores. Este é o tema da palestra que o superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, José Mendes Batista, fará hoje na Assembleia Legislativa. Ele também falará sobre o volume de recursos aplicados pelo BNB em Sergipe e os instrumentos legais para renegociação de dívidas atualmente em vigor, além do volume de operações já renegociadas.

Vade retro

Por unanimidade, o PSB sergipano expulsou ontem o ex-prefeito de Capela, Manoel Messias, vulto “Sukita”. Ele foi acusado pela comissão de ética do partido de agredir publicamento os dirigentes do PSB, ao insinuar que eles falsificaram a sua assinatura no documento  em que renuncia a candidatura a deputado estadual. A maciça votação pela expulsão foi como se o partido dissesse a “Sukita” que a soleira da porta é a serventia da casa. Arre égua!

Sem diretas

O Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe rejeitou ontem, por unanimidade, requerimento propondo eleição direta para a Mesa Diretora daquele Poder. A proposta defendida pelo presidente da Associação dos Magistrados de Sergipe, Gustavo Plech, previa a participação dos juízes na escolha do presidente, vice e corregedor geral do TJ. Os desembargadores rejeitaram o requerimento com base em decisão do Supremo Tribunal Federal considerando inconstitucional pleito idêntico ao da Amase.

Representantes

De um bebinho, ontem numa bodega da periferia, ao saber que os demistas Agripino Maia e ACM neto chegam hoje em Aracaju para fazer campanha em favor do presidenciável Aécio Neves (PSDB): “É, o diabo quando não vem manda os secretários”. Pode, uma coisa dessa?

Grande perda

Será sepultado hoje à tarde o corpo de José Souza, combativo líder sindical e presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe. Ele morreu terça-feira passada em Fortaleza, para onde foi assinar o acordo coletivo da categoria com o Banco do Nordeste. O sepultamento está marcado para as 16h no cemitério Colina da Saudade. A morte de Souza abre uma enorme lacuna no meio sindical sergipano. Que Deus o tenha, amigo!

GBarbosa desmente

Em resposta a afirmação feita pelo vereador Agamenon Sobral (PP) que o GBarbosa impediu os empregados de votarem no 1º turno, a Rede emitiu o seguinte esclarecimento: “Por entender que o voto é um ato de cidadania e democracia do povo brasileiro, o GBarbosa informa que sua política interna é de oferecer totais condições aos seus funcionários para participar das eleições e exercer seu poder de escolha. Os associados escalados para trabalhar nos dias do 1º e 2º turno das eleições, tiveram escalas de trabalho acordadas pelos colaboradores, além de tempo suficiente para ir aos colégios eleitorais, votar. Quanto aos colaboradores que votam no interior de Sergipe, todos foram e serão novamente liberados sem que isso gere falta ou qualquer tipo de desconto para os mesmos”.

Quer renunciar

O Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: “O prefeito de Canindé de São Francisco, Heleno Silva (PRB), revelou a alguns amigos jornalistas e radialistas que está muito contrariado com as sucessivas quedas de arrecadação de royalties de seu município. Isso tem lhe induzido frequentemente a pensar em renunciar ao cargo”. Homem vôte!

Último dia

Hoje é o prazo final para que candidatos que estão na disputa eleitoral no segundo turno possam promover reuniões públicas ou comícios. Amanhã, irão ao ar as últimas propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na televisão. Esse também é o prazo final para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates, que não devem ultrapassar a meia-noite. As propagandas feitas com alto-falantes ou amplificadores de som estão permitidas até sábado, véspera da votação, entre as 8h e as 22h.

Recorte de jornal

Publicado no Diário de Sergipe em 22 de maio de 1958

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais