Águas calmas

0

O governador Belivaldo Chagas (PSD) terá dias calmos, de bons ventos e águas mansas pras bandas da Assembleia. Amanhã, ao visitar o Legislativo para ler a mensagem anual do Executivo, o pessedista será saudado por uma folgada maioria governista, além de receber do presidente e amigo Luciano Bispo (MDB) a garantia de total apoio do Parlamento. Portanto, Belivaldo deverá ter uma relação das mais confortáveis com a Assembleia. O bom relacionamento entre os poderes é ótimo para o Estado, mas esta comunhão de interesses não pode ser confundida com submissão. Os deputados governistas precisam levar em conta que um Parlamento disposto a defender os interesses da população não deve se transformar numa Casa do amém, curvando-se a todos os caprichos do governador de plantão.

Bom de bolso

Diferente de Antônio Carlos Valadares (PSB), que teve negado o pedido de pensão como ex-governador, o ex-gestor Jackson Barreto (MDB) botou a mão numa boa grana. Como deixou o governo em abril de 2018, portanto, antes de o benefício ter sido considerado inconstitucional, JB requereu e teve direito à gorda pensão. Foram mais de R$ 100 mil referentes ao período de abril a setembro passado. Nada mal, né?

Crise preocupa

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) anda preocupado com a quebradeira das empresas de construção civil e o desemprego causado pela crise do setor. O parlamentar promete cobrar deste governo militar a liberação de recursos para a retomada das obras do programa Minha Casa Minha Vida. Segundo Fábio, além de salvar as pequenas construtoras sergipanas e garantir mais empregos, o reinício destas obras beneficiará as famílias sem teto. É vero!

Reajuste negado

Não existe qualquer projeto na Assembleia concedendo reajuste salarial aos policiais civis sergipanos. A falsa informação foi propagada nas redes sociais pelo deputado estadual Capitão Samuel (PSL). O desmentido foi feito rapidamente pelo secretário geral do governo, José Felizola. Ele se apressou em desfazer a informação, que estava alvoroçando os policiais e bombeiros militares. Crendeuspai!

Retorno à Medicina

E quem está de volta aos centros cirúrgicos é o médico Eduardo Amorim. O ex-senador tucano postou um vídeo no twitter comemorando seu retorno à profissão: “O legislativo pra mim é uma missão, pois a minha vocação é a Medicina”. Devidamente paramentado, Amorim gravou o vídeo minutos antes de atuar numa cirurgia como bom anestesiologista que é. Boa sorte, doutor!

Longe das urnas

Não está no foco do ex-deputado federal André Moura (PSC) disputar as eleições de 2020. Ele desfez especulações nesse sentido, porém lembrou que “a política é muito dinâmica”. Segundo André, sua prioridade agora é o fortalecimento do PSC de olho nas próximas eleições municipais. O partido tem hoje 16 prefeitos, número que deve aumentar em março, com a filiação da prefeita de Capela, Silvany Mamlak (PTC). Marminino!

Pelo ralo

Seria um desperdício de recursos públicos construir uma nova sede para a Câmara de Aracaju. Quem pensa assim é o ex-prefeito da capital, João Augusto Gama (MDB). Segundo ele, o Legislativo está muito bem alojado em um prédio histórico no centro da cidade. Gama acha que se há dinheiro sobrando na Prefeitura, que se aplique em obras de infraestrutura. Nem precisa dizer que a posição do emedebista desagradou os 24 vereadores. Homem, vôte!

Papanicolau

Pesquisa mostra que 66% das mulheres não acham que existe relação entre a infecção pelo vírus HPV (papilomavírus humano) e o câncer do colo do útero. A infecção por esse vírus aumenta em até 100 vezes o risco de a mulher desenvolver esse tipo de câncer. Segundo o estudo, 18% das mulheres nunca fizeram o exame papanicolau, principal forma de detectar as lesões que podem levar ao câncer do colo do útero. Coisas deste Brasilzão sem jeito!

Feitor oficial

Não chamem para a mesma reunião os empregados da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Engetis) e o diretor deles Ezio Faro. A turma está tiririca com o manda chuva que, conforme dizem, persegue quem ele não gosta e não pensa duas veze para cortar benefícios da categoria. Será que o governador Belivaldo Chagas (PSD) sabe disso ou não está ligando para as maldades praticadas pelo poderoso auxiliar? Só Jesus na causa!

Braços cruzados

E os professores da rede estadual vão cruzar os braços no próximo dia 20. A paralisação visa cobrar o reajuste de 4,17% do piso salarial deste ano, além da recuperação da carreira. Pela manhã, os educadores vão protestar em frente à Secretaria da Educação e à tarde farão manifestação contra a reforma da Previdência e em defesa da aposentadoria. Cruzes!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo, em 29 de dezembro de 1949

Resumo dos jornais

Comentários