Ainda vive-se na contramão da moralidade

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Enquanto o país vem sendo passado a limpo com políticos e empresários indiciados e presos, Sergipe Del Rey vive na contramão da moralidade com o apoio de instituições que deveriam não só abraçar, mas também levantarem a bandeira do combate a corrupção e do zelo administrativa.

Aqui não precisa exemplificar nada. Sergipe Del Rey é pequeno e todo mundo está vendo como quem é processado e condenado

 hoje, no outro dia, graças a manobras, virá santo com a complacência de quem deveria zelar pelo dinheiro público.

Sergipe Del Rey não só é a terra da impunidade. É a terra onde o que está decidido hoje, não vale nada amanhã. É como dissessem aos gestores: “promovam atos de improbidades, se tens forças ocultas e manobras escusas, nada de afetará”.

Como pedir a população que acredite na classe política e nas autoridades?

O correto é torcer para que realmente exista a Justiça de Deus.  E estes padeçam no purgatório.

Os princípios rigorosos de integridade, conduta ética e honra, não existem mais.

Muitos que se dizem preocupados com o interesse público estão mais preocupados em enganar e oprimir. Inclusive calando a imprensa como todo mundo sabe.

Dinheiro e Poder estão acima de qualquer princípio. O odor de hipocrisia e impunidade paira no ar de Sergipe Del Rey.
Ainda vive-se na contramão da moralidade.

Atualização do blog
Por conta do feriado de São João, nesta sexta-feira, 24, o blog só voltará a ser atualizado na próxima segunda-feira, 27. Bons festejos juninos para todos.

MPF de Sergipe. Exemplo para o país
Parabéns ao MPF de Sergipe que não se curva, não retrocede processo, não aceita manobras escusas.  Com certeza, neste órgão, continua acessa  da indignação e da coragem de peitar os poderosos que acham que podem tudo e contra todos. Plagiando Gonzaguinha…eu acredito na rapaziada que segue em frente e segura o rojão…

TCE/SE só mudará quando tiver concurso para conselheiro
Lamentavelmente o TCE de Sergipe deu mais uma vez uma prova que não representa a sociedade sergipana e sim os interesses individuais e políticos de uma elite. Ao conceder uma certidão negativa a um gestor eivado de irregularidades deu também uma certidão em branca para os outros gestores. “Se ele pode, todos também tem direito”.

Concurso público
Enquanto o Congresso Nacional não mudar e estabelecer concurso público para o TCU e os tribunais de contas de todo país, nada mudará. E em Sergipe, o TCE continuará de faz de contas, fazendo auditorias seletivas e de acordo com o interesse dos que estão de plantão. Sem falar nas ligações políticas, que podem ser legais, mas não são éticas.

Imitando Jackson Barreto
Um profissional liberal que visitou recentemente um órgão público saiu de lá com uma imagem pior do que esperava. Ao visitar a autoridade, para tratar de assuntos técnicos, viu no gabinete uma roda de puxa-sacos e a autoridade principal imitando os gestos e a voz do governador Jackson Barreto. Lamentável! E tudo isso com o dinheiro público…

IPTU: João pessimamente assessorado. Tiro no pé
Desde o reajuste escalonado do IPTU de Aracaju que João Alves enfrenta rejeição. Já foi majorado duas vezes: 2015 e 2016. No fim do ano passado um assessor de João sugeriu que enviasse o projeto (que foi aprovado agora) já com o congelamento para este ano por conta da crise. Ele não fez, preferiu agora às vésperas da eleição. Foi pior. Foi um verdadeiro tiro no pé pelo que se escuta em toda cidade.

Novo superintendente do DNIT/SE. Adelson indica. Padrinho, Robson Viana
Através da assessoria,  o deputado federal Adelson Barreto (PR) anunciou que apresentou ao ministro dos Transportes, Maurício Quintela, o novo superintendente regional do DNIT/SE indicado por ele, Alexandre Monteiro da Cunha, funcionário de carreira do órgão.  Adelson disse que a escolha foi também um pedido do deputado estadual Robson Viana (PEN).Durante a vista, o deputado solicitou a retomada das obras de duplicação da BR-101, a construção de dois viadutos e duas passarelas no município de Pedra Branca.

Transporte público
Está em tramitação na Câmara dos Deputados o projeto de autoria do deputado federal Valadares Filho (PSB) que altera a Lei que obriga os serviços de transporte urbano a prestar informações aos usuários.De acordo com o projeto, cabe ao poder concedente ou órgão de gerência informar, em cada ponto de embarque e desembarque, sobre: linhas que passam pelo ponto, em que conste destino inicial e final; horários previstos de passagem do coletivo e valor da tarifa. Fica sob responsabilidade do concessionário informar sobre: trajeto da linha; horários previstos de saída do ponto inicial e de chegada ao ponto final e valor da tarifa.

Linhas
O deputado explica que “a prática de prestar informações sobre as linhas que passam em determinado ponto de parada é raramente empregada em nosso País, o que dificulta a própria mobilidade dos passageiros, afetando seus direitos”.

Carência
“Aracaju é um exemplo claro da carência dessas informações. Quem não tem o costume de utilizar o transporte público enfrenta uma série de dificuldades. Uma medida simples melhorará a vida de milhares de usuários. Tenho acompanhado constantemente as reclamações e já reforcei nas comissões a urgência na aprovação deste projeto”, ressalta Valadares Filho.

Auditoria na saúde
Uma comissão intersindical da saúde apresentou ao presidente do TCE, Clóvis Barbosa um relatório sobre a aplicação incorreta de recursos na área por parte da Prefeitura de Aracaju. Clóvis garantiu uma auditoria. E um sindicalista informou sobre a contratação de um projeto arquitetônico para reforma de uma unidade de saúde.

Artesãs de São Domingos exportarão para Portugal
Uma parceria entre a secretaria de Assistência Social, o Centro Social Tia Emília e o Sebrae, está proporcionando a realização de uma inovação em São Domingos. O projeto, “Arte da Serra da Miaba”, mudará a história de vida das mulheres, mães de família que são beneficiadas pelos programas sociais existentes no município, nesses projetos diversas oficinas se realizam, entre elas a oficina de crochê.

Artesãs de São Domingos exportarão para Portugal II
Pela visão empreendedora da secretária Joana Mecenas e da consultora Rosane Meneses, do Sebrae, o grupo foi desafiado a realizar a confecção de roupas masculinas e femininas em crochê, inclusive moda praia. Hoje elas estão trabalhando na confecção da “Coleção Florescer”, que será apresentada em desfiles na cidade de São Domingos e Aracaju em agosto, e em feiras de moda nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte, ainda este ano. Além dos desfiles para apresentação da coleção, o projeto já conta com encomendas de peças exclusivas para uma grife do sul do país e também exportará sua produção para Portugal.

Festival do Caranguejo
A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Sergipe traz, em parceria com a Prefeitura Municipal de Aracaju, mais uma edição do Festival do Caranguejo. O evento será realizado pela Abrasel e pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, no mês de agosto.

Cine Vitória
O Cinema Vitória, localizado na Rua do Turista, Centro de Aracaju, não funcionará neste feriado de São João. Nos dias 23 e 24 de junho o Cine estará fechado ao público retomando suas atividades no sábado, 25. A programação está imperdível e pode ser conferida no site http://www.cinevitoria.com.br.

Expedição Serigy aproveita roteiro turístico do Aratu Turismo de Base Comunitária
No último final de semana, o Aratu Turismo de Base Comunitária, recebeu na Ilha Mem de Sá o grupo Expedição Serigy, grupo

Expedição Serigy redescobrindo e fazendo história. (Foto: Aratu Turismo/Kaio Espinola)

 este formado por amigos com o objetivo de descobrir ou redescobrir as belezas naturais e as riquezas culturais de Sergipe.

Bispo Sardinha
Antônio Samarone, um dos integrantes do grupo, explicou que um dos motivos da visita à Ilha Mem de Sá foi a lembrança da história da morte do Bispo Sardinha, devorado pelos índios Tupinambás em terras sergipanas, mais precisamente naquelas terras banhadas pelo Rio Vaza-Barris.

Preservação
“Raridade: canoa de um pau, sem emendas, casco abaulado. Herança dos tupinambás. Essa tem mais de cem anos. Preservada por Seu Salvador, um ilhéu nascido e criado na Ilha Mem de Sá, e que luta na preservação da cultura do seu povo,” disse Samarone, sobre a canoa de Seu Salvador, morador da Ilha.

Turismo consciente
Para o coordenador do projeto, Bento Cruz, a visita da Expedição Serigy foi gratificante. “Esta expedição representou o que acreditamos ser um turismo consciente, solidário e de profunda interação com a comunidade. Tivemos uma oportunidade de falar para os visitantes sobre os povos indígenas que habitavam a região do Vaza Barris,” disse.

Respeito a cultura
“Acho que deu sequência a tradição que a Expedição Serigy tem construído que é visitar grandes pontos de Sergipe e alguns momentos também fora de Sergipe, tendo uma relação saudável com cada local visitado e respeitosa com a cultura. Por isso saio daqui mais uma vez impressionado, com coisas nossas, tão perto, estamos aqui tão perto do Mosqueiro, e com motivos diferentes de vida, cultura, de manifestações, enfim,” disse, Luciano Correia, sobre a viagem.

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Sefaz
 
Tendo em vista a circulação de informações errôneas envolvendo a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) em problemas na emissão de documentos fiscais em duas redes de supermercados nesta quinta-feira, 22, esclarecemos que tais problemas não possuem qualquer vínculo com a Sefaz, sendo estes única e exclusivamente de responsabilidade destas empresas. Diante da situação gerada, a Sefaz informa que serão adotadas as medidas fiscalizatórias necessárias a fim de que os estabelecimentos forneçam as devidas notas fiscais aos contribuintes sem qualquer tipo de problema.

Subgerência Geral de Comunicação e Marketing/Sefaz-SE

PELO TWITTER

www.twitter.com/valter_jornal  Congelamento do IPTU de Aracaju por 4 anos. Mais uma das promessas de João que JAMAIS irá se concretizar. Basta ler o projeto.

‏ www.twitter.com/LopoDinis O machão agora ta pianinho. #SomosTodosContraBolsonaro

www.twitter.com/_zalberto  Ou acreditamos na nossa capacidade de escolher ou seremos sempre aquela figura frágil, que a vida escolhe o que quer.

www.twitter.com/Marcelo_efron  Não existe coisa mais feia na vida do que um coleguinha pegar uma reportagem sua e assinar como se fosse dele. Melhore!

DO LEITOR

Falta de transparência no TCESE. Perguntas que não querem calar
E-mail recebido de um técnico competente que preferiu o anonimato: “Venho pelo presente, comunicá-lo acerca do desrespeito à transparência demonstrado por um dos órgãos constitucionais de controle que deveriam primar pelo cumprimento dos Princípios Jurídicos regentes da Administração Pública, refiro-me ao Tribunal de Contas de Sergipe.

Malgrado a posse do novel Presidente do TCE-SE haver sido recebida pela sociedade sergipana como uma notícia alvissareira e a sua gestão, de fato, vir atendendo às expectativas e conclamos correlatos, peca, o referido gestor, quanto à obediência a um dos Princípios basilares do Poder Público, a Transparência Pública, em razão da seguinte situação:

Há registro, no link do site do TCE das Resoluções, indicando expressamente que a Resolução nº 294/2016 está publicada no Diário Oficial do Estado de Sergipe de 02/06/2016, conforme se observa adiante:

A Resolução nº 294/2016 expressa a aprovação dos Conselheiros do Tribunal, no Pleno em 19/05/2016, do Planejamento Estratégico do TCE-SE de 2016 a 2019. No entanto, o planejamento estratégico propriamente dito está (ou melhor, deveria estar) no anexo da resolução, de acordo com o que prevê o artigo 1º da Resolução nº 294/2016. Este anexo não consta no site do TCE-SE.
Agravando, é de causar espécie que a edição do Diário Oficial do Estado de Sergipe datado de 02/06/2016 NÃO contém a publicação de nenhum trecho sequer da Resolução nº 294/2016. Essa verificação pode ser facilmente procedida no endereço https://segrase.se.gov.br/diarios.htm  ou em qualquer órgão público que receba o jornal ou, ainda, pessoalmente na própria SEGRASE.
Até mesmo servidores do próprio TCE-SE desconhecem os termos do Planejamento Estratégico, ao qual estão formalmente submetidos.

Assim, pergunta-se:
a)        Por que tanto sigilo quanto ao conteúdo do Planejamento Estratégico do TCE-SE do período 2016-2019 (lembrando aos desavisados que já estamos na metade de 2016)?
b)        A quem interessa esse segredo se o documento foi aprovado por unanimidade dos Membros do Tribunal e se o mesmo Planejamento Estratégico já foi apresentado no Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (notícia no site do TCE-SE de 25/05/2016)?
c)        Por que consta expressamente que o documento foi publicado no Diário Oficial de 02/06/2016 quando a referida edição desse jornal oficial não o contém?
d)        Como os servidores do TCE-SE podem trabalhar tranquilos (sem receio de serem processados administrativamente) se sequer sabem se as atividades que vem atualmente exercendo estão em consonância com o estabelecido no Planejamento Estratégico de 2016-2019?

Sendo assim, clamo gentilmente pela sua sensibilidade jornalística, sobretudo em prol dos Princípios Jurídicos que devem nortear o Administrador Público “seja ele de qual esfera e órgão/entidade represente”, para divulgar, nos meios em que atua profissionalmente (principalmente em sua destacada coluna no site da infonet), a questão trazida ao vosso conhecimento.”

Descaso com a iluminação pública
Do leitor Yuri: “A algum tempo venho percebendo o descaso com a iluminação pública e hoje me deparei com uma situação inusitada a queda de um poste na área dos bares da Aruana (orla reformada, logo após o banho doce), o poste está caído e os demais condenados. A orla mesmo com turistas possui pontos de breus e a cidade toda está às escuras, para onde está indo nossa taxa?”

Professores Causadores de Terror e Pânico?
E-mail recebido: “No dia de ontem os professores da rede municipal de ensino de Frei Paulo receberam um oficial de justiça com a  decisão judicial obrigando-os a deixar o prédio da prefeitura que tinha sido ocupado no dia 20.O argumento utilizado pelo município foi o que chocou a todos.Os mestres foram considerados como causadores de terror e pânico conformo podemos ver abaixo:"…um grupo de Professores Municipais, provavelmente orientados pelo SINTESE – Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe, invadiu o prédio sede da Prefeitura Municipal, e suas dependências, turbando a posse legítima, porquanto, notória e incontestável, impedindo o funcionamento da Administração Pública, além de causar terror e pânico aos que precisam transitar na área."

COMERCIÁRIOS SUBMETIDOS A SALÁRIO MÍNIMO E AMEAÇADOS DE PERDAS DE CONQUISTAS

– É vergonhoso o tratamento que os comerciários e comerciárias do Estado de Sergipe vem sofrendo por pressões do setor patronal. Nunca se viu o trabalhador comerciário perder o seu piso normativo da categoria e ainda ser ameaçado diariamente pela implantação da maior ferramenta de exploração que é o banco de horas. Como se isso tudo fosse pouco, ainda querem retirar dos trabalhadores o índice de produtividade, já conquistado há muitos anos. O que estamos vivendo no momento é mais  uma crise moral do que econômica. A verdade é que o patronato deve aos seus trabalhadores, não só reajuste salarial, como também a discussão de novas conquistas para a convenção coletiva de trabalho 2016/2017. Não se pode admitir que esses mesmos patrões que negam salários, retira conquistas e acha que estão fazendo o certo, continuando com a exploração contra a classe trabalhadora – declarou o presidente da Federação dos Comerciários e Serviços do Estado de Sergipe, Ronildo Almeida.

Para Ronildo, o reajuste salarial é uma dívida do patronato para com seus trabalhadores, desde maio de 2015 a 30 de abril de 2016. “O que queremos é ser tratado dignamente como trabalhadores e trabalhadoras, pois a condição imposta neste momento é constrangedora, pela própria pressão psicológica a qual estamos sendo submetidos. São esses mesmos patrões que quando dos seus lucros só beneficiam eles e  seus familiares, mas quando há ameaça na economia ou qualquer mínima dificuldade, os trabalhadores tem que assumir prejuízos incalculáveis. Apelamos ao bom senso do empresariado do comércio e serviços de Sergipe, para que respeitem os seus trabalhadores”.

– Não podemos concordar que nos dias de hoje atitudes e posições dessa natureza prevaleçam com esses espíritos retrógados, atrasados e humilhantes. Esperamos contar inclusive com o apoio da sociedade e a classe politica, que ouve os empresários e que coloquem nas suas conversas, as necessidades dos trabalhadores, pelo que representa os profissionais dessas áreas, responsáveis também pelo crescimento de nosso Estado, através de sua força de trabalho e não se prevaleçam da miséria em que hoje se encontram”.

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
"No Brasil, o fundo do poço é apenas uma etapa."
Luis Fernando Veríssimo.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais